GP1

Teresina - Piauí

Queiroga questiona trabalho do Consórcio Nordeste sobre vacinação

O ministro criticou os governadores que pretendem comprar vacinas contra covid-19 por conta própria.

“Onde está essa vacina?”, questionou o ministro da Saúde Marcelo Queiroga ao comentar acerca da compra do imunizante russo Sputnik V pelos governadores que integram o Consórcio Nordeste. A Anvisa não aprovou a importação da vacina e a compra do imunizante foi cancelada.

Queiroga, que esteve em Teresina para entregar equipamentos para o Hospital Universitário da UFPI, criticou nesta sexta-feira (8) os governadores que pretendem comprar vacinas por conta própria, além das vacinas destinadas pelo Governo Federal pelo Plano Nacional de Imunização.

Foto: Lucas Dias/GP1Marcelo Queiroga
Marcelo Queiroga

“O Ministério da Saúde, desde 1976, lidera as campanhas de imunização no Brasil, é por isso que o Brasil é um exemplo em relação a campanha nacional de imunização. O Governo Federal já adquiriu mais de 500 milhões de doses de vacina, ninguém duvida disso, todas as vacinas foram adquiridas com recurso do Governo Federal”, afirmou Marcelo Queiroga.

“Se os governadores querem adquirir vacina, muito bem, no passado havia um consórcio de governadores que queria adquirir a vacina Sputnik V, onde está essa vacina?”, criticou o ministro.

Compra de vacinas

O Governo do Estado do Piauí comprou 500 mil doses da vacina CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, a fim de acelerar a imunização do povo piauiense. Nesta sexta-feira (8) chega ao estado a primeira remessa com 200 mil doses do imunizante. A compra da vacina foi feita de forma direta, sem passar pelo Governo Federal.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.