GP1

Polícia

DHPP conclui inquérito sobre a morte do ex-prefeito Firmino Filho

O ex-prefeito Firmino Filho morreu no último dia 06 de abril de 2021, após cair do Edifício Manhattan.

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) encerrou, nessa quarta-feira (05), o inquérito que investiga a morte do ex-prefeito de Teresina, Firmino Filho, ocorrida no último dia 06 de abril de 2021. De acordo com o coordenador do DHPP, Francisco Costa, o Barêtta, o relatório foi encaminhado ao Poder Judiciário ainda ontem e deverá ser analisado pelo Ministério Público.

"A Polícia Civil desde o atendimento ao local de morte violenta até a conclusão do inquérito trouxe para os autos todos os atos necessários ao esclarecimento dos fatos em si, inclusive, a natureza jurídica do fato com todas as provas periciais e testemunhais que são harmônicas e coerentes", relatou o delegado.

Foto: Brunno Suênio/GP1Barêtta
Barêtta

Segundo Barêtta, ele não poderia repassar maiores detalhes porque foi decretado o sigilo do inquérito durante a investigação. "No decorrer da investigação foi necessário o delegado presidente do inquérito, Divanilson, representar por medidas cautelares o que levou o magistrado a decretar o sigilo da investigação portanto a gente não pode adentrar ao mérito da investigação, mas o relatório já foi encaminhado ontem para o Poder Judiciário que deve abrir vista ao Ministério Público que vai analisar, são 511 páginas muito bem instrumentadas", afirmou.

"O Ministério Público vai analisar e se houver necessidade de novas diligências o MP vai requisitar e se tiver satisfeito ele também vai se manifestar", completou o delegado.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Firmino Filho
Firmino Filho

Ao final, Barêtta garantiu que a morte do ex-prefeito Firmino Filho está esclarecida. "As peças tanto periciais como testemunhais se harmonizam como uma luva feita para que uma mão seja encaixada. Os fatos estão esclarecidos em toda a sua plenitude", concluiu.

Relembre o caso

No dia 6 de abril, Firmino Filho foi encontrado morto na frente do edifício Manhattan River Center, local onde funciona a sede do Tribunal de Contas da União (TCU), onde ele reassumiu sua função como auditor depois de deixar a Prefeitura de Teresina, em janeiro deste ano. Ele deixou três filhos (Bárbara, Bruno e Cristina) além da esposa, a deputada estadual Lucy Soares (Progressistas).

O corpo do ex-prefeito foi sepultado no dia 7 de abril, no cemitério Recanto da Saudade, na Capital.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.