GP1

Teresina - Piauí

Daniel França se pronuncia e nega que tenha agredido Joice Hasselmann

A deputada afirmou ainda que vai processar as pessoas que estão acusando o marido de tê-la agredido.

O marido da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), o médico piauiense Daniel França, concedeu coletiva de imprensa na tarde deste domingo (25) para se pronunciar sobre as suspeitas de que ele teria agredido a esposa.

Ao lado da deputada, o médico negou que tenha a agredido. “Eu nunca agredi ninguém, nunca dei um tapa em ninguém, nem um murro em ninguém. Não tenho nenhum motivo para fazer isso, eu jamais faria isso, é exatamente por esta razão que tudo que eu pude fazer pra tentar comprovar o contrário eu estou fazendo, fui espontaneamente à polícia prestar depoimento, eu me coloquei inteiramente à disposição da imprensa", afirmou.

Foto: Reprodução/YoutubeDaniel França se pronuncia e nega que tenha agredido Joice Hasselmann
Daniel França se pronuncia e nega que tenha agredido Joice Hasselmann

O médico ainda afirmou que estava em um quarto separado e ressaltou que não escutou e não ouviu nada. Joice Hasselmann também negou as suspeitas e afirmou que vai processar todas as pessoas que estão acusando o marido das agressões.

Os dois estavam em um apartamento funcional onde moram, em Brasília-DF. A parlamentar disse que não se lembra do que ocorreu, somente que acordou com muito sangue no chão e com vários ferimentos no rosto, além de dois dentes quebrados.

Durante a coletiva, o médico citou duas hipóteses sobre o que poderia ter acontecido com a deputada: “Como não há absolutamente nenhum sinal de luta corporal, eu imagino [que] ou ela caiu já sem consciência contra algum obstáculo ou ela teve sua consciência retirada [por meio de alguma substância] e daí foi agredida”, declarou Daniel França.

Entenda o caso

Joice Hasselmann revelou na quinta-feira (22) que foi agredida fisicamente dentro de seu apartamento em Brasília, no último sábado (17). A parlamentar não consegue lembrar como tudo aconteceu, tampouco tem conhecimento de quem a agrediu, pois afirma ter sofrido um lapso de memória.

Hasselmann concedeu entrevista ao jornal O Globo, e relatou que na noite de 17 de julho acordou em meio a uma poça de sangue no chão do closet do apartamento funcional (para deputados) onde vive em Brasília. O médico Daniel França, marido da deputada, estava no imóvel no momento e, segundo assessoria, dormia em outro quarto.

A parlamentar sofreu cinco fraturas no rosto, uma na costela, um corte no queixo e teve um dente quebrado. Em um vídeo gravado pela própria deputada ela mostra todos os ferimentos.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.