GP1

Teresina - Piauí

DEPRE apreende 7kg de maconha e R$ 10 mil na zona leste de Teresina

Segundo o delegado Everton Ferrer, ao todos quatro pessoas foram presas após investigações da DEPRE.

Os policiais da Delegacia de Prevenção e Repressão ao Entorpecente (DEPRE) prenderam, nesta sexta-feira (24), quatro pessoas acusadas dos crimes de tráfico de drogas, porte e posse de arma de fogo, em duas residências, no bairro Vale Quem Tem, localizado na zona leste de Teresina. Além das prisões, o total de 7,5 kg em drogas foram apreendidas.

Em entrevista ao GP1, o coordenador da DEPRE, delegado Everton Ferrer, informou que as prisões ocorreram em duas casas. Na primeira residência, três pessoas foram capturadas, sendo duas suspeitas por porte de arma de fogo e outra por tráfico de drogas e porte de arma de fogo. Ao todo, os policiais apreenderam 11 tabletes de maconha, pesando cerca de 7kg, meio quilo de skank e R$ 4 mil em espécie.

Foto: Mikaela Ramos/GP1Delegado Everton Ferrer
Delegado Everton Ferrer

“Isso é tudo fruto de investigação preliminar. Foram cumpridas duas buscas e na primeira residência foi encontrada a maior parte do material, cerca de 11 tabletes, contabilizando 7 kg de maconha e meio kg de skank. Nessa apreensão encontramos duas balanças de precisão, várias munições de pistola .40, armas de fogo. Em uma das diligências, dois irmãos, saíram da residência que abordamos, com um deles, encontramos R$ 4 mil em espécie e apuramos que esse valor, seria da venda de uma das armas”, detalhou o delegado.

Segunda prisão

Já na segunda prisão, também realizada pela DEPRE, em outra casa no Vale Quem Tem, um acusado de tráfico de drogas foi preso, em posse de variados entorpecentes, como crack, cocaína e dinheiro em espécie. De acordo com o delegado Everton, as duas apreensões totalizaram mais de R$ 10 mil encontrados.

Foto: Mikaela Ramos/GP1Drogas apreendidas
Drogas apreendidas

“Já em outra residência, encontramos maior variedade de entorpecentes, como crack, cocaína e uma quantidade razoável em dinheiro. Totalizamos as apreensões em mais de R$ 10 mil em espécie. Então na primeira residência prendemos três pessoas. Já na outra casa, prendemos um suspeito e estamos investigando se sua companheira está envolvida no tráfico de drogas. Todos que foram presos possuem antecedentes criminais, sendo que dois respondem por casos de homicídio”, ressaltou o delegado.

Todos os quatro capturados nas diligências já possuíam antecedentes criminais, como condenação por tráfico de drogas e homicídios.

Com informações da repórter Mikaela Ramos, do GP1.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.