GP1

Teresina - Piauí

Fábio Abreu ministra palestra do curso de Gestão de Segurança da PM-PI

Durante as atividades, o deputado falou sobre como a introdução de exercícios físicos na rotina policial.

Divulgação/Ascom 1 / 5 Fábio Abreu participou de instrução aos policiais militares Fábio Abreu participou de instrução aos policiais militares
Divulgação/Ascom 2 / 5 Instrução a policiais militares Instrução a policiais militares
Divulgação/Ascom 3 / 5 Curso de Especialização em Gestão de Segurança Pública da Polícia Militar do Piauí Curso de Especialização em Gestão de Segurança Pública da Polícia Militar do Piauí
Divulgação/Ascom 4 / 5 Instrução ocorreu na manhã desta sexta-feira Instrução ocorreu na manhã desta sexta-feira
Divulgação/Ascom 5 / 5 Turma com 48 alunos, que participaram de aula prática Turma com 48 alunos, que participaram de aula prática

Nesta sexta-feira (07), o deputado federal Fábio Abreu ministrou uma palestra para alunos do curso de Especialização em Gestão de Segurança Pública da Polícia Militar do Piauí, no Centro de Educação Profissional (CEP), onde abordou o tema “A importância da atividade física para a atividade policial”.

Além de aprender sobre a temática, a turma, composta por 48 alunos, participou de uma aula prática. Durante as atividades, o deputado falou sobre como a introdução de exercícios físicos na rotina diária pode contribuir para o aperfeiçoamento do trabalho policial.

“Independentemente de qualquer coisa, é importante ter motivação, porque você sempre será cobrado e a preparação física é um passo importante para se lograr êxito em diversas situações. Por também ser um profissional da área da educação física, reconheço o quanto essa temática pode, de fato, contribuir para o desenvolvimento da atividade policial, como um todo, pois vai além da questão física, ajudando também no equilíbrio mental. Por isso, também coloco à disposição da escola para continuar contribuindo com o que for possível para o desenvolvimento de ações que irão ajudar a melhorar o desempenho das atividades policiais do nosso estado”, disse o deputado.

A capitã Leoneide, uma das alunas do curso de especialização, falou sobre as contribuições da palestra e da aplicação do conteúdo na rotina de trabalho.

“A gente sabe que a atividade física na vida policial tem uma importância muito grande para o desenvolvimento de atividades diárias que a gente precisa cumprir. Então, quando o capitão nos trouxe essas informações, esse refrescamento na memória sobre os fundamentos da atividade física militar, além de motivar, nos fez repensar sobre a qualidade no desenvolvimento das atividades policiais, já que nós temos esse papel de gestores. Então, vamos seguir no nosso dia a dia motivando nossos policiais e falando sobre a importância da prática de atividades físicas”, destacou a capitã.

O subdiretor do CET e coordenador do curso, tenente-coronel Mota, explicou sobre a proposta da palestra e os objetivos do curso. “O objetivo da palestra é exatamente buscar uma melhoria da qualidade de vida dos nossos policiais através da atividade física. E o deputado federal, capitão Fábio Abreu, conseguiu repassar isso de forma ilustre. É importante lembrar que esse curso é voltado para a capacitação dos oficiais intermediários, no caso os capitães da Polícia Militar ao oficialato superior. Então, é um curso regular dentro da instituição e de grande importância, uma vez que visa a qualificação profissional voltada para gestão pública. E, para ser um gestor, você tem que estar saudável, e nada melhor do que manter hábitos que contribuam para a manutenção da saúde, como é o caso da prática de atividades físicas, justamente por isso, pensamos em trazer o deputado para comentar sobre essa temática”, declarou.

O curso de Especialização em Gestão de Segurança Pública da Polícia Militar do Piauí teve início em setembro de 2021 e será concluído em abril de 2022.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.