GP1

Parnaguá - Piauí

Secretaria do município de Parnaguá interdita reservatório de água

O local deveria ser utilizado para fazer o tratamento e distribuição de água, mas está abandonado.

A Secretaria de Meio Ambiente de Parnaguá interditou, nessa quarta-feira (03), o reservatório de água que deveria ser utilizado para fazer o tratamento e distribuição para os bairros Guadalajara e Ladeira, mas que está abandonado. A empresa responsável é a Agespisa.

“A Secretaria de Meio Ambiente de Parnaguá recebeu várias denúncias sobre o descaso da empresa responsável pela distribuição de água no município de Parnaguá. Após averiguação da denúncia, os funcionários da secretaria constataram que o fato é verídico e que foi comprovado fazendo uma vistoria do local”, contou o coordenador do departamento de Meio Ambiente de Parnaguá, Lucas Tafarel.

Foto: Divulgação/AscomReservatório é interditado
Reservatório é interditado

De acordo com Lucas Tafarel, esta é a segunda vez que a equipe visita o local. Na primeira vez, há cerca de um mês, foi dado um prazo de 30 dias para a resolução dos problemas, o que não aconteceu. "Há mais de um mês foi feita uma vistoria e ontem foi feita novamente para a comprovação do descaso e abandono. E até agora nenhuma medida foi tomada. A empresa abandonou o local de tratamento e faz a distribuição ao município sem nenhum tratamento", relatou.

Na vistoria, a equipe constatou as faltas de condições de funcionamento do local, bem como a utilização do lugar por dependentes químicos, inclusive, para fazerem suas necessidades.

Foto: Divulgação/AscomReservatório de água em Parnaguá
Reservatório de água em Parnaguá

O caso já foi denunciado ao Ministério Público do Estado do Piauí que segundo, o coordenador Lucas, já ajuizou ação contra a Agespisa tendo sido realizada, nessa quarta, uma audiência no fórum da cidade de Parnaguá com a promotoria de Justiça e a juíza da comarca.

Outro lado

Em nota, a Agespisa informou que no local indicado não funciona Estação de Tratamento de Água nem tão pouco Reservatório, que foram desativados há cerca de dez anos, quando a empresa deixou de captar água do açude para abastecer a cidade.

Neste local, funciona apenas um poço de sucção, uma espécie de cisterna, que recebe a água da rede para ser encaminhada, com auxílio de uma bomba, ao bairro Ladeira, que fica em uma área mais alta que os reservatórios que abastecem a cidade.
A Agespisa também informou na nota que a direção central ainda não recebeu a notificação da Prefeitura; mas vai adotar as providências necessárias para melhorar a urbanização do local.
Por fim, a Agespisa reafirma que a qualidade da água que fornece a Parnaguá atende todas as condições de potabilidade estabelecidas pelo Ministério da Saúde.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.