GP1

Piauí

Wellington Dias articula com governadores ajuda conjunta ao Amazonas

"O que precisamos é de aeronaves que transportem pacientes e uma equipe necessária para acompanhá-los durante o deslocamento”, explicou Wellington.

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias (PT), está articulando com outros governadores uma ajuda humanitária ao estado do Amazonas, que está passando por uma crise em seu sistema de saúde devido ao crescimento do número de infectados pela covid-19.

Wellington Dias, que também está representando o Fórum de Governadores do Brasil, apresentou ao governador do Amazonas, Wilson Lima, a necessidade de ajustar a estratégia de logística para a transferência de pacientes com covid-19 para outros estados que já ofereceram ajuda. Dias ressaltou a importância de ter aeronaves para realizar o deslocamento dos pacientes.

Foto: Divulgação/AscomGovernador Wellington Dias
Governador Wellington Dias

“Ainda há pelo menos cerca de 750 pacientes graves, incluindo bebês e adultos que precisam de ajuda. Dezenove estados brasileiros já ofertaram vagas que garantem esse atendimento. A exemplo do Piauí, o que precisamos é de aeronaves que transportem pacientes e uma equipe necessária para acompanhá-los durante o deslocamento”, explicou Wellington.

Durante reunião com representantes do Ministério da Saúde, nessa sexta-feira (15), o governador apresentou a proposta para viabilizar leitos covid-19 em rede pública e privada para esses pacientes, principalmente na rede filantrópica. Os estados do Acre, Pará, Ceará, Alagoas, Pernambuco, Maranhão, Rio Grande do Norte, Paraíba, São Paulo, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina já manifestaram apoio.

O Piauí recebeu nove pacientes nessa sexta, que foram transferidos para o Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Teresina. A previsão era de que 30 pacientes chegassem ao estado, mas a dificuldade para conseguir oxigênio inviabilizou a transferência de mais pessoas.

Governo do Piauí envia insumos ao Amazonas

O Governo do Piauí, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), enviou na tarde desta quinta-feira (14) para o Estado do Amazonas 45 mil EPIs e 30 mil testes rápidos. A cessão foi feita através de um acordo de cooperação entre os Estados neste momento de pandemia.

Entre os Equipamentos de Proteção Individual que estão sendo cedidos estão 10 mil aventais impermeáveis manga longa; 15 mil protetores faciais; 10 mil máscaras N95 e 10 mil máscaras triplas descartáveis. Além dos EPIs, estão sendo cedidos também 30 mil testes rápidos. A capital amazonense passa por um aumento dramático no número de casos e mortes pela covid-19. A média móvel cresceu 183% nos últimos sete dias.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.