GP1

Piauí

Dr. Pessoa diz que artistas se precipitaram ao realizar manifestação

Diante da manifestação dos artistas, o prefeito afirmou que o Sesc será o prédio que vai abrigar os moradores de rua.

O prefeito de Teresina Dr. Pessoa (MDB) se posicionou acerca do ato de manifestação realizado por diversos artistas nesta semana em frente ao prédio do Cine Rex, localizado na Praça Pedro II, após especulações de que o local seria reformado e ofertado como espaço de abrigo para moradores de rua.

Durante coletiva de imprensa nessa quarta-feira (06), o prefeito disse que os artistas foram precipitados ao realizarem o ato sem antes ter buscado um diálogo com a prefeitura. O Cine Rex foi um dos cogitados no projeto de construção de abrigos na Capital. A possibilidade gerou descontentamento entre a categoria de artistas, visto que o prédio que atualmente está inutilizado, é considerado um patrimônio cultural do município.

Foto: Alef Leão/GP1Dr. Pessoa
Dr. Pessoa

“Nós estávamos olhando não somente lá, mas vários outros lugares, mas eu esperava dos artistas, um grupo da cultura, que viesse conversar com o prefeito e dissessem o que gostariam que fosse feito. Já foram logo para confronto, se eu fosse vocês teriam vindo conversar com o prefeito para depois fazer manifestação", afirmou Dr. Pessoa durante entrevista nessa quinta-feira (07).

Após a polêmica, o prefeito esclareceu que o local não será utilizado para abrigo de moradores de rua. Ainda nessa quarta-feira ele anunciou que o prédio do Sesc da Avenida Maranhão, no centro de Teresina, será a sede da casa de apoio para moradores de rua em Teresina.

O prédio foi oferecido pelo empresário Valdeci Cavalcante, presidente da Federação do Comércio do Estado do Piauí (Fecomércio-PI). "Já decidimos que não vamos utilizar o prédio, os artistas disseram que é um patrimônio cultural e um prédio particular, consequentemente procuramos outro lugar”, concluiu o prefeito.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.