GP1

Piauí

Raimundo Júnior registra carta compromisso de renúncia à reeleição

O advogado registrou os documentos em cartório se comprometendo a cumprir as propostas de campanha.

Nesta quinta-feira (28), o candidato à presidência da OAB-PI pela Chapa 1, Raimundo Júnior, firmou o compromissos que nortearão sua campanha, bem como o compromisso de não tentar a reeleição caso seja eleito presidente neste pleito.

O advogado, em nome da Chapa OAB de Verdade, registrou os documentos em cartório, se comprometendo perante a sociedade e a advocacia piauiense de cumprir as propostas de campanha.

Assim, a Chapa pretende implementar o Plano de Retomada da Advocacia, um conjunto de medidas que serão adotadas nos primeiros 100 dias de gestão, com o objetivo de enfrentar, de modo urgente, os problemas mais graves que afligem a advocacia e a OAB-PI.

“Queremos que a advocacia seja protagonista da OAB. Que a Ordem respeite a mulher advogada e a jovem advocacia, por isso, nossa gestão será fundada em três eixos centrais: proatividade, protagonismo e participação”, afirmou Raimundo Júnior.

Foto: Lucas Dias/GP1Advogado Raimundo Júnior
Advogado Raimundo Júnior

O advogado defende a alternância de poder na Ordem, por isso, renunciou ao direito de concorrer nas próximas eleições, caso seja eleito presidente no dia 21 de novembro.

“Vejo como necessária ao processo democrático a alternância de poder nos cargos, a renovação. Por isso, em face do compromisso firmado com colegas advogados e advogadas durante o pleito eleitoral e em decorrência de convicção pessoal, me comprometo, de modo irretratável e irrevogável, a não disputar a eleição novamente a nenhum cargo do sistema OAB, se for eleito” enfatizou o candidato.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.