GP1

Piauí

Acusado de matar irmão de policial militar do Piauí vira réu

A decisão da juíza de direito Maria Zilnar Coutinho Leal, respondendo pela 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri, foi dada no dia 2 de fevereiro.

A juíza de direito Maria Zilnar Coutinho Leal, respondendo pela 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri, recebeu denúncia contra Marcelo Cardoso Pereira dos Santos acusado de matar o vigia João Alves de Morais Filho, irmão do tenente da PM-PI Elivaldo Moraes, em novembro de 2020. A decisão foi dada no dia 2 de fevereiro.

A magistrada destacou que ficou demonstrada a justa causa para a deflagração da ação penal, por estarem presentes a prova da materialidade do fato e recognição visuográfica e os indícios de autoria, os quais encontram-se evidenciados pelos depoimentos colhidos durante a investigação criminal.

O crime

O vigia João Alves de Moraes Filho, de 62 anos, foi morto com um golpe de gargalo de garrafa no pescoço, no bairro Piçarra, no dia 15 de novembro de 2020. Marcelo Cardoso Pereira dos Santos foi preso no dia 4 de dezembro acusado do crime. Ele e a vítima trabalhavam juntos em um depósito de cimento.

Marcelo e João teriam se desentendido e durante a discussão, a vítima foi atingido no pescoço e foi a óbito no local.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.