GP1

Piauí

OAB lamenta morte de Guilherme Cavalcante Melo em Teresina

O ex-governador já estava internado há 15 dias no HTI em Teresina.

A Ordem dos Advogado do Brasil, através da Seccional Piauí, manifestou pesar pela morte do ex-governador Guilherme Melo, que faleceu na noite desta quarta-feira no Hospital de Terapia Intensiva (HTI), em Teresina, vítima de um câncer no cérebro.

O ex-governador era atualmente diretor da Assembleia Legislativa do Piauí, onde ocorre seu velório na manhã de hoje. A nota de pesar emitida ela OAB-PI, se solidariza com a morte de Guilherme Melo. “Nesse momento de dor e resignação, a Seccional Piauí se solidariza com a família e amigos de Guilherme Melo e expressa as mais profundas e sinceras condolências”, diz em trecho de nota.

O ex-presidente da OAB-PI, Celso Barros Coelho, também lamentou a morte de Guilherme Melo que, segundo ele, era seu amigo pessoal. “Guilherme era um grande amigo, era um irmão! Moramos juntos em Brasília quando ele, muito jovem, se aproximou da política partidária e, anos depois, chegou a ser chefe do executivo estadual. Ele viveu intensamente e alegremente, deixando um sentimento de tristeza e de saudade”, conta.

Confira a nota da OAB Piauí na íntegra

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento do Advogado Guilherme Cavalcante de Melo, aos 68 anos de idade. Guilherme Melo foi Vice-Governador, Governador, Deputado Estadual e Deputado Federal, e era atualmente Diretor da Assembleia Legislativa do Piauí.

O falecimento ocorreu nessa quarta-feira (22), em decorrência de um câncer de cérebro. Guilherme Melo estava internado há 15 dias para tratamento no Hospital de Terapia Intensiva (HTI), em Teresina. O Governo do Piauí decretou luto oficial de três dias pela imensurável perda.

O ex-Presidente da OAB Piauí, Celso Barros Coelho, lamentou a morte do Advogado. “Guilherme era um grande amigo, era um irmão! Moramos juntos em Brasília quando ele, muito jovem, se aproximou da política partidária e, anos depois, chegou a ser chefe do executivo estadual. Ele viveu intensamente e alegremente, deixando um sentimento de tristeza e de saudade”, conta.

Nesse momento de dor e resignação, a Seccional Piauí se solidariza com a família e amigos de Guilherme Melo e expressa as mais profundas e sinceras condolências.

Luto oficial de três dias no Estado

O Governo do Estado do Piauí, por meio do governador Wellington Dias (PT), decretou luto oficial de três dias pela morte do ex-governador Guilherme Melo, que faleceu vítima de um câncer no cérebro na noite dessa quarta-feira (21), em Teresina.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.