GP1

Política

TRE vai julgar dia 26 ação contra deputada Flora Izabel

O marido da deputada, Sandro Borges Alves e o enteado Alexandre Assunção Lacerda Borges também figuram como investigados na ação.

Está em pauta de julgamento no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí, para a próxima segunda-feira (26), a Ação de Investigação Judicial Eleitoral – AIJE ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral que pede a cassação do mandato da deputada estadual Flora Izabel (PT) por abuso de poder econômico, captação ilícita de sufrágio, omissão de despesas na campanha e compra de votos. O marido da deputada, Sandro Borges Alves e o enteado Alexandre Assunção Lacerda Borges também figuram como investigados na ação.
Imagem: DivulgaçãoSandro Borges e Flora Izabel(Imagem:Divulgação)Sandro Borges e Flora Izabel

Entenda o caso

O marido e o enteado da deputada estadual foram presos em flagrante, no dia 02 de outubro de 2014, às vésperas das eleições, na cidade de São Raimundo Nonato com R$ 11.000,00 (onze mil reais) divididos em cinco partes com nomes de cinco cidades: Várzea Branca, Guaribas, São Lourenço, Dirceu Arcoverde e Capitão Gervásio Oliveira.
Imagem: GP1Dinheiro apreendido no carro do marido de Flora Izabel(Imagem:GP1)Dinheiro apreendido no carro do marido de Flora Izabel
O relator da ação é o desembargador Joaquim Dias de Santana Filho.

Outro lado

O GP1 entrou em contato com a deputada Flora Izabel, na manhã desta quinta-feira (22), através de seu telefone pessoal, para falar sobre o julgamento da ação, mas as ligações não foram atendidas.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.