GP1

Política

Candidato de Alcolumbre Rodrigo Pacheco se reúne com Gilberto Kassab

Rodrigo Pacheco, do DEM, almoça com ex-ministro, que comanda o partido que tem a segunda maior bancada na Casa, com 11 senadores.
Por Estadão Conteúdo

Na busca por apoio na eleição pela presidência do Senado, o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) se reuniu nesta terça-feira, 5, com o presidente nacional do PSD, o ex-ministro Gilberto Kassab, e o líder do partido na Casa, o senador Otto Alencar (BA). Os três almoçaram na casa do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD) – também participaram do encontro os também senadores por Minas Genais Carlos Viana e Antonio Anastasia, ambos do PSD.

Na saída da reunião, que durou quase quatro horas, Kassab afirmou que a decisão sobre o alinhamento a Pacheco, candidato do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), caberá à bancada do partido. “O PSD tem tido postura de não interferir nas decisões das bancadas. Não que possa no futuro haver necessidade, mas até hoje não houve”, afirmou.

O apoio a Pacheco, se fechado, é uma tentativa do PSD de garantir o maior número de votos possível de seus senadores a Pacheco, já que o voto é secreto e não há qualquer garantia de que sigam a orientação. De acordo com Otto Alencar, a bancada do partido fará uma videoconferência nesta terça-feira, às 20h, quando poderá ser anunciada uma aliança em torno de Pacheco, que participará da reunião virtual.

O PSD tem a segunda maior bancada na Casa, com 11 parlamentares. O DEM tem 5. A reunião em Minas é a primeira movimentação pública de 2021 na sucessão pelo comando do Congresso Nacional, e é uma ofensiva contra o MDB, dono da maior bancada na Casa, tem 13 senadores, que anunciou em dezembro candidatura própria ao cargo.

Pacheco se reuniu com Bolsonaro

Em 24 de dezembro, Alcolumbre levou Pacheco para uma confraternização de Natal com o presidente da República, Jair Bolsonaro, no Palácio da Alvorada.

O MDB tem quatro pré-candidatos à Presidência do Senado. Eduardo Gomes (TO), Fernando Bezerra Coelho (PE), Simone Tebet (MS) e Eduardo Braga (AM). O PSD chegou a cotar o senador Anastasia para o cargo.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.