GP1

Política

Fábio Abreu garante permanência do PL na base de Wellington Dias

“O PL tem sido parceiro de primeira hora desde a primeira eleição de Wellington Dias", lembrou deputado.

O deputado federal Fábio Abreu garantiu, nesta quarta-feira (18), que o PL vai permanecer na base aliada do Governo Wellington Dias e o apoio à candidatura do secretário Rafael Fonteles ao Palácio de Karnak em 2022. Ele reafirmou ainda que o partido mantém o objetivo de participar da chapa majoritária.

“O PL tem sido parceiro de primeira hora desde a primeira eleição de Wellington Dias, e o que a gente tem afirmado é que, até o momento, não tem nada que mostre que possa haver uma estratégia diferente que não seja a de estar na base junto com o governador e Rafael Fonteles”, reforçou Fábio Abreu.

Foto: Lucas Dias/GP1Fábio Abreu
Fábio Abreu

Sobre a participação do PL na chapa majoritária, o deputado falou que tem conversado com Rafael Fonteles para que o partido tenha o reconhecimento que merece. “O que eu tenho conversando bastante, principalmente com o próprio Rafael é para que ele observe e olhe para o tamanho do PL, que é um partido que tem vários suplentes de deputado federal, um deputado federal, três deputados estaduais, além de mais nomes que vão fortalecer esse partido, então se nós temos um partido forte nós devemos ser olhados dessa forma”, afirmou Abreu.

Nacionalmente, o PL é aliado do presidente Jair Bolsonaro, contudo, Fábio Abreu disse que regionalmente, o partido é livre para escolher os seus aliados. “Eu tive uma conversa com o presidente do partido e afirmação que ele me fez é que, localmente, cada membro do partido pode tomar a sua decisão e ele não vai interferir nas nossas decisões porque foi algo que nós apresentamos a ele como condição para permanecer no partido essa livre escolha no estado, então, eu acredito que não vai haver essa interferência, por isso, que sempre que declaro que estamos na base do governo estadual é porque nós temos essa autonomia para tratar desse assunto aqui e, logicamente, não havendo nenhuma represália por parte da nacional do nosso partido”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.