GP1

Volta Redonda - Rio de Janeiro

Ministro Dias Toffoli lamenta mortes ocorridas em massacre de Suzano

Toffoli afirmou que: “Não podemos aceitar que o ódio entre em nossa sociedade”.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, lamentou as mortes ocorridas após massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na grande São Paulo.

Em mensagem no início da sessão plenária do Supremo na tarde desta quarta-feira (13), Toffoli afirmou que: “Não podemos aceitar que o ódio entre em nossa sociedade”.

  • Foto: Dida Sampaio/Estadão ConteúdoDias ToffoliDias Toffoli

“É com profundo pesar e tristeza que recebemos a notícia de tragédia em escola pública na cidade de Suzano, em São Paulo, que tirou a vida e feriu estudantes, professores e funcionários. Em nome da Corte manifestamos nossos sentimentos de pesar e solidariedade a famílias e amigos das vítimas e a toda a sociedade, que também é vítima nesse tipo de tragédia”, afirmou o ministro.

Entenda o caso

Os atiradores chegaram em um carro por volta das 9h30 desta quarta-feira (13) na escola. Eles invadiram a escola e atiraram primeiramente em uma funcionária da instituição.

"Eles ingressaram na escola, atiraram na coordenadora pedagógica, atiraram numa outra funcionária. Estava na hora do lanche, eles se dirigiram ao pátio, atiraram em mais quatro alunos do ensino médio. Nesse horário, só havia alunos do ensino médio, e [os autores do ataque] dirigiram-se ao centro de línguas. Os alunos do centro de línguas se fecharam na sala com a professora e eles [criminosos] se suicidaram no corredor", disse o coronel Marcelo Salles, comandante-geral da PM.

Armas

A polícia encontrou, após o ataque, um arsenal de armas na escola. Foram encontrados um revólver 38, quatro jet luders, que são plástico para recarregamento de arma, uma besta (um tipo de arco e flecha que dispara na horizontal), um arco e flecha tradicional e garrafas que aparentam ser coquetéis molotov e um machado que foi usado por Guilherme.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Secretário de Segurança divulga nomes de vítimas do massacre em Suzano

Polícia confirma que assassinos eram ex-alunos de escola em Suzano

Atiradores invadem escola, matam oito e se suicidam em Suzano

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.