GP1

Saúde

Lei estabelece aulas de primeiros socorros para pais em unidades de saúde no Piauí

A Lei 7.589/2021 é de autoria do deputado estadual Gessivaldo Isaías (Republicanos).

Orientações de primeiros socorros podem fazer toda diferença entre a vida e a morte de uma criança. Com o objetivo de proteger a vida e a saúde do recém-nascido foi sancionado a 7.589/2021 de autoria do deputado Gessivaldo Isaías (Republicanos), que estabelece aulas de primeiros socorros para gestantes, pais e/ou responsáveis em maternidades, unidades de saúde e hospitais.

Gessivaldo, diz que irá buscar a implantação desse curso de primeiros socorros para pais e responsáveis. “De acordo com especialistas é muito comum o engasgo com líquidos, leite materno ou mesmo saliva em menores de 1 ano de idade. Nessa situação a maioria dos pais são inexperientes e não possuem o conhecimento adequado. A lei já foi sancionada, agora vou buscar a implantação, e parcerias com as universidades e até mesmo o Corpo de Bombeiros para ofertarem esse curso, e assim evitar mortes de crianças e recém-nascidos”, explica o deputado.

Foto: Divulgação/AscomGessivaldo Isaías
Gessivaldo Isaías

A lei autoriza o Poder Executivo a estabelecer aulas de primeiros socorros voltados para situações de engasgamento, aspiração de corpo estranho e prevenção de morte súbita de crianças e recém-nascidos. As orientações e treinamentos deverão ser ministradas durante o pré-natal ou antes da alta do bebê, sendo realizada individualmente ou em turma.

Ainda de acordo com a lei, os pais e/ou responsáveis poderão aderir ou não ao treinamento oferecido pelas unidades de saúde, hospitais e maternidades, devendo em caso de rejeição assinar termo de sua intenção.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.