Blog Opinião
GP1

Ano novo


Todo o ano é a mesma coisa as pessoas se preparam durante o ano e a partir do dia 31 de dezembro, os rituais é o mesmo, são as pessoas quando se encontram na rua nos bares nos trabalhos, ou em algum lugar, desejam entre si votos de um ANO NOVO. E o país como fica, esperando a boa vontade dos nossos representantes na Câmara de Vereadores, nas Assembléias Estaduais e no Congresso Nacional, a conversa é a mesma, cada qual querendo fazer os melhores Clipes na televisão desejando a todos os seus eleitores um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo, tudo isto para impressionar aos seus eleitores, coitados!E o país fica no mesmo, quando a CPMF, foi idealizada pelo digno Dr. JATENE, então Ministro da Saúde no Governo do Presidente Fernando Henrique Cardoso, para assegurar verba para a saúde pública deste país não vingou, motivo o único imposto em que a população sabia onde este seria destinado, na concepção do projeto, que seria, mas que na verdade, para a saúde este dinheiro não apareceu, o então candidato a Presidente da república na época o atual Presidente Lula, era um ferrenho opositor da CPMF, passou-se 8 anos este dinheiro não apareceu, começou então a falência da saúde no Brasil começou então a faltar remédio nos hospitais públicos do Brasil, os doentes que precisavam fazer um transplante, ficava numa lista de espera de até 12 meses ou mais, as consultas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), quando de pacientes de alta complexidade, a demora era de até 24 meses para ser atendido, para ser operado, isto meus senhores é um absurdo, é um abuso imoral, é uma vergonha. Veio a eleição do Presidente Lula, e ao ser eleito Presidente do Brasil, disse que o país estava com fome, criou "O Fome Zero" e escolheu o Piauí como Estado Piloto, para desenvolver o Projeto "FOME ZERO", começou então a cobrar do povo brasileiro, imposto e mais impostos, e a resposta veio logo, este país nunca arrecadou em impostos como nunca visto. E agora vem a pergunta, onde está este dinheiro, porque a Saúde em nosso país está debilitada, porque os nossos hospitais públicos não estão funcionando adequadamente, e quando o governo acordou para trabalhar a aprovação da CPMF, já era tarde, e porque isto? A oposição viu que o dinheiro até agora arrecadado a Saúde teve o mínimo, e aí está à razão do CAOS na Saúde e nos hospitais público do Brasil.O Governo vai deixar de arrecadar R$40.000.000,00(Quarenta Bilhões de Reais), valor este que corresponde a alguns PIB de alguns países, e que segundo o governo a metade seria para melhorar de vez o funcionamento dos hospitais público. Mas a oposição em parte foi irresponsável, em não aprovar o imposto do Cheque, ou seja, a CPMF, por outro lado à oposição tem uma certa razão, pois já se vão praticamente dois governos de oito anos, ou seja, Presidentes reeleitos em 2 dois mandatos consecutivos, e o que o povo viu foi o APAGÂO DA SAÚDE, em nosso país. O governo do Presidente LULA vai ter que sacrificar o Orçamento no corte de verbas para poder superar a crise da Saúde em nosso país. Resta agora um pouco de consciência dos nossos representantes, no sentido de encontrar uma solução definitiva para evitar o Caos Total da Saúde no Brasil. Que o ANO NOVO seja um ano em que os nossos representantes no Congresso, acordem e aprovem em definitivo um imposto único no moldes de reciprocidade do tipo da CPMF, imposto este em que a população tem os meios de cobrar do governo onde o dinheiro arrecadado está sendo usado. "É SÓ UMA QUETÃO DE CONSCIENCIA". Feliz ano novo para todos. Teresina, 26 de Janeiro de 2008Washington Rodrigues de CarvalhoFiliado ao P.R.T.B

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.