GP1

Procurador nega irregularidade na contratação de empresa em Picos

Conforme a prefeitura, todo o processo licitatório ocorreu de maneira normal, sem irregularidade.

A Prefeitura Municipal de Picos, administrada pelo prefeito Gil Paraibano (Progressistas), encaminhou na manhã desta quarta-feira (20), nota de esclarecimento a respeito da nota intitulada “Gil Paraibano contrata empresa do Ceará por mais de R$ 12 milhões”.

Conforme o procurador-geral do município, advogado Antonio José de Carvalho Júnior, todo o processo licitatório ocorreu de maneira normal. “A licitação foi feita dentro da normalidade, por pregão eletrônico que permite a participação de qualquer concorrente no mundo, já que é virtual, de ampla publicidade, modalidade essa que não se fazia em Picos e que é a mais cobrada pelos Tribunais de Contas”, disse trecho da nota.

Foto: GP1Gil Paraibano (PP)
Gil Paraibano (PP)

O procurador afirmou ainda na nota de esclarecimento que não há nenhuma ilegalidade comprovada em relação a contratação da empresa do Ceará. “Tudo correu dentro da legalidade estrita e como determina o prefeito Gil Marques de Medeiros”.

Confira a nota na íntegra:

A licitação foi feita dentro da normalidade, por pregão eletrônico, que permite a participação de qualquer concorrente no mundo, já que é virtual, de ampla publicidade, modalidade essa que não se fazia em Picos e que é a mais cobrada pelos Tribunais de Contas. 

Tudo correu dentro da legalidade estrita e como determina o prefeito Gil Marques de Medeiros.

Antonio José de Carvalho Júnior

Procurador Geral do Município de Picos

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.