GP1

Brasil

Fachin inocenta Lula 10 anos depois de pedir votos para Dilma Rousseff

Edson Fachin assumiu cadeira no STF em 2015, por indicação da então presidente Dilma, para ocupar a vaga deixada por Joaquim Barbosa.

A Revista Oeste compartilhou na noite desta segunda-feira (08) um vídeo antigo do ano de 2010, onde o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), aparece manifestando apoio à candidatura de Dilma Rousseff à presidência da República.

A declaração de apoio se deu em um evento, onde estavam presentes o então candidato a vice-presidente Michel Temer, Eduardo Suplicy, Aloízio Mercadante, Marco Aurélio Garcia, José Eduardo Cardozo, Márcio Thomaz Bastos, Frei Betto, entre outras figuras conhecidas na política.

Edson Fachin assumiu cadeira no STF em 2015, por indicação da então presidente Dilma, para ocupar a vaga deixada por Joaquim Barbosa.

Nesta segunda-feira, 08 de março, o ministro do STF anulou todas as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da Operação Lava Jato. Com a decisão, o Lula recupera seus direitos políticos e volta a ser elegível.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.