GP1

Brasil

Ricardo Salles demite chefias do Ibama no Amazonas, Bahia e Tocantins

No Amazonas, foi dispensado do cargo Rezende Guimarães Filho.
Por Estadão Conteúdo

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, publicou nesta sexta-feira, 9, a exoneração de quatro chefias do Ibama, responsáveis pelas operações do órgão federal nos Estados do Amazonas, Bahia, Paraíba e Tocantins.

O único Estado que teve um novo superintendente nomeado foi Tocantins, onde Luiz Carlos Fernandes assumiu o posto antes ocupado por Flavio Luiz de Souza Vieira.

No Amazonas, foi dispensado do cargo Rezende Guimarães Filho. Na Paraíba, saiu Arthur Martins Marques Navarro. Na Bahia, deixou o cargo Rodrigo Santos Alves. Nos três casos, o pedido de exoneração traz a informação de que a saída foi feita "a pedido" de cada um deles.

Na Bahia, o superintendente Rodrigo Santos Alves protagonizou desentendimentos com fiscais do Ibama, ao cancelar multas que os agentes haviam dada a um hotel de luxo, pela construção de um muro sobre a areia na Praia do Forte. Alves, que ocupava o cargo no órgão ambiental, é dono de uma imobiliária em Salvador e região, mas afirmou que nunca negociou nenhum empreendimento ligado aos proprietários do hotel.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.