GP1

Brasil

Bolsonaro diz que haverá ‘caos’ se país decretar lockdown

Bolsonaro disse que o país não tem Forças Armadas suficientes para garantir a ordem em casos de revoltas.
Por Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que haverá “caos” e “rebelião” se o país decretar lockdown neste ano em razão da piora da pandemia de covid-19. Bolsonaro chegou a dizer que o País não tem Forças Armadas suficientes para garantir a lei e a ordem em caso de revolta nas ruas por causa do fechamento de estabelecimentos comerciais.

"O Brasil não resiste a um novo lockdown. Será o caos. Será uma rebelião, uma explosão de ações onde grupos vão defender o seu direito à sobrevivência. Não teremos Forças Armadas suficientes para a garantia da lei e da ordem”, afirmou Bolsonaro, em entrevista à Jovem Pan News. A gravação ocorreu no sábado, 8, no Palácio da Alvorada, e foi veiculada nesta terça-feira, 11.

O presidente citou ainda que Estados e municípios tomaram apenas medidas localizadas de isolamento social e restrição de circulação de pessoas para conter o avanço da variante Ômicron.

Bolsonaro também afirmou que governadores e prefeitos estão "querendo fechar tudo novamente".

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.