Cleandro Moura deve levantar questão de ordem para TJ restringir foro

- atualizado

O Procurador Geral de Justiça Cleandro Moura precisa, urgentemente, levantar questão de ordem para o Tribunal de Justiça do Piauí entrar em sintonia com o Supremo Tribunal Federal que decidiu que o foro por prerrogativa de função se aplica apenas a crimes cometidos no exercício do cargo e em razão das funções a ele relacionadas.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Cleandro MouraCleandro Moura

Na Bahia, o Tribunal de Justiça já está aplicando o entendimento.

Os desembargadores decidiram, por unanimidade, que, apesar do STF ter tratado apenas de autoridades que tinham foro na Corte, a tese fixada “irradia efeitos, inevitavelmente, para todas as esferas de governo”.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811