Ex-prefeito articula 'golpe' contra prefeito Manoel Lázaro

- atualizado

Condenado a 3 (três) anos, 10 (dez) meses e 20 (vinte) dias de reclusão por efetuar disparos de arma de fogo em via pública, o ex-prefeito Ronaldo Lages, de Nossa Senhora dos Remédios, não parece muito preocupado com a execução provisória da sentença, já determinada pelo Tribunal de Justiça, que ocorrerá após o julgamento dos embargos.

Sem se preocupar com possíveis flagrantes fotográficos, Ronaldo Lages é visto consumindo bebidas alcoólicas até altas horas em bares da cidade, mostrando que não tem respeito pela Justiça.

  • Foto: DivulgaçãoRonaldo Lages é visto consumindo bebidas alcoólicas até altas horasRonaldo Lages é visto consumindo bebidas alcoólicas até altas horas

O ex-prefeito é também um dos articuladores do golpe em curso contra o prefeito Manoel de Jesus Silva (PT), mais conhecido como “Manoel Lázaro”, alvo de processo político que pede a sua cassação, sob a alegação que o município gasta acima de 54% com pessoal.

Segundo o Tribunal de Contas do Estado 43 prefeituras piauienses estão com o limite acima do previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Prefeito de Nossa Senhora dos Remédios, Manoel Lázaro Prefeito de Nossa Senhora dos Remédios, Manoel Lázaro
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811