GP1

Coronavírus no Piauí

Piauí chega a 2.591 óbitos e 123.378 casos confirmados de covid-19

Segundo o boletim, das 123.378 pessoas que contraíram o vírus no Piauí desde o início da pandemia, 120.379 já estão curadas e 274.477 casos foram descartados.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) divulgou boletim epidemiológico divulgado na noite desta segunda-feira (23), informando que o número de óbitos por covid-19 (coronavírus) no Piauí subiu de 2.584 para 2.591 e a quantidade de casos confirmados passou de 122.929 para 123.378. Foram 7 mortes nas últimas 24 horas e 449 novos casos, sendo que grande parte destes é de dias anteriores, de acordo com a Sesapi.

Segundo o boletim, das 123.378 pessoas que contraíram o vírus no Piauí desde o início da pandemia, 120.379 já estão curadas e 274.477 casos foram descartados, após a realização de testes rápidos e exames no Laboratório Central do Piauí (Lacen).

Dos 449 casos confirmados da doença, 260 são mulheres e 189 homens, com idades que variam de um a 94 anos. Seis homens e uma mulher não resistiram às complicações da covid-19. A mulher era natural de Elesbão Veloso (63 anos). Os homens eram das cidades de Pedro II (64 anos), Picos (56 anos) e Teresina (58,62, 75 e 82 anos). Todas as vítimas possuíam comorbidades.

Os casos confirmados no estado somam 123.378 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 2.591 e foram registrados em 195 municípios. Até agora, morreram 1.508 homens e 1.083 mulheres.

Situação diária de internações

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 408 ocupados, sendo 238 leitos clínicos e 170 UTIs. As altas acumuladas somam 6.391 até o dia 23 de novembro.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Covid-19: Fiocruz quer vacinar 65 milhões de pessoas no 1º semestre de 2021

Hospitalização por covid-19 é menor entre pessoas fisicamente ativas

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.