Fechar
GP1

Esportes

Veja as equipes com maiores chances de cair para a Série B

A analise é feita pelo Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais.

A reta final do Campeonato Brasileiro cada vez mais está se aproximando, restando apenas sete rodadas para descobrir quem será o grande campeão da Série A e quem serão os 4 times que vão dizer adeus a elite do futebol brasileiro. Na noite dessa quinta-feira (02), tivemos o fim da 31ª rodada e com ela, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) atualizou as chances de queda das equipes.

Novamente, o Departamento de Matemática da UFMG analisou os números da rodada e apontou quais são as equipes da Série A que mais possuem chances de cair para a segunda divisão. No final da 31ª rodada, o São Paulo venceu o Cruzeiro por 1 a 0, afastando quase em 100% as suas chances de ser rebaixado.

Foto: Lucas Figueiredo / CBFTrófeu do Brasileirão Série A
Trófeu do Brasileirão Série A

O Tricolor Paulista chegou aos 42 pontos e agora possui apenas 1% de chance de cair para a Série B. Outra equipe que também garantiu vitória na 31ª rodada e diminuiu as suas chances de cair foi o Santos, que virou para cima do Flamengo na quarta-feira (01), chegando aos 37 pontos, se afastando ainda mais do Z-4. Agora, o Peixe possui 15,6% de chance de cair.


Já o Vasco, que ganhou do Cuiabá de 2 a 0, ainda possui mais de 50% de possibilidade de ser rebaixado. O Gigante da Colina se encontra na 17ª posição, a primeira do Z-4, com 34 pontos, e tem a chance de 60% de cair para a Série B. Segundo o Departamento de Matemática da UFMG, as equipes matematicamente rebaixadas são América-MG, com 99,996% e Coritiba, com 99,91%.

Confira as demais chances de queda

Goiás – 79.0%

Bahia – 16.9%

Cruzeiro – 12.3%

Internacional – 7.5%

Cuiabá – 4.0%

Corinthians – 3.7%

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.