Fechar
GP1

Esportes

Gabigol reconhece que Flamengo não fez o necessário para ser campeão

O camisa 10 ainda avaliou as críticas que vem sofrendo pela torcida e afirmou que acha elas justas.

O Flamengo perdeu mais uma disputa de título nesta temporada de 2023. O time Rubro-Negro empatou com o São Paulo nesse domingo (24) em 1 a 1 e ficou com o vice da Copa do Brasil. Ao todo, o time carioca perdeu as disputas do Campeonato Carioca, Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana, Libertadores, Mundial de Clubes e a Copa do Brasil. No Brasileirão, a equipe se encontra longe da disputa, ocupando a 7ª colocação.

Após o vice, o atacante Gabigol ressaltou a atuação do Flamengo no jogo de volta, porém reconheceu que o ano do Rubro-Negro não foi o dos melhores e que o melhor a se fazer é ir em busca de uma vaga na Libertadores.

Foto: Reprodução/TwitterGabigol
Gabigol

“Acho que a gente um jogo muito bom. A final é feita de dois jogos, e nos 180 minutos, eles foram melhores que a gente. A gente planta as coisas para poder colher, e não plantamos muita coisa e não colhemos nada. Temos 15 jogos, temos que correr atrás do título – do Brasileiro – e uma vaga na Libertadores”, afirmou o camisa 10.


Após ser titular no jogo de ida, na segunda partida, o atacante ficou no banco de reservas sendo substituído por Pedro. Além disso, Gabigol vem sendo alvo de constantes críticas dos flamenguistas, por conta de seu baixo rendimento. Avaliando o momento, o jogador afirmou que acha justo as críticas, mas ressaltou que o problema não é somente dele.

“Eu acho que as críticas são justas, entre aspas, mas faço parte de uma engrenagem. Quando a engrenagem não dá certo, eu também não vou dar. Faço parte de uma equipe. Realmente quando a equipe vai bem, as individualidades aparecem. A gente precisa melhorar coletivamente para poder melhorar individualmente para e as coisas acontecerem", declarou Gabigol.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.