GP1

Pedreiras - Maranhão

Wellington Dias prestigia Jubileu de Ouro de Dom Jacinto Brito

Dom Jacinto está à frente da Arquidiocese de Teresina desde 2012, onde construiu uma marca.

O governador Wellington Dias participou na noite de sábado (15), na cidade de Pedreiras (MA), a 241 quilômetros de Teresina, da comemoração pelos 50 anos de ordenação sacerdotal do Arcebispo de Teresina, Dom Jacinto Brito. O homenageado está à frente da Arquidiocese de Teresina desde 2012, onde construiu uma marca.

“Pra nós, piauienses, é uma alegria dobrada desde 2012 poder contar com ele. Além de trabalhar de forma muito dedicada a esta missão com o povo de Deus, tem também a sensibilidade social, colocando a importância de cuidar do outro em todo o Piauí” considerou Wellington Dias.

Foto: Divulgação/AscomWellington Dias prestigia Jubileu de Ouro de Dom Jacinto Brito
Wellington Dias prestigia Jubileu de Ouro de Dom Jacinto Brito

O Jubileu de Ouro de Dom Jacinto Brito contou com a participação de bispos das cidades piauienses de Parnaíba, Oeiras, São Raimundo Nonato, Bom Jesus e Floriano. Na oportunidade, o Arcebispo de Teresina renovou seus compromissos ministeriais.

Foto: Divulgação/AscomWellington Dias no Jubileu de Ouro de Dom Jacinto Brito
Wellington Dias no Jubileu de Ouro de Dom Jacinto Brito

Nascido em Bacabal, no Maranhão, Dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho, 74, foi ordenado padre no dia 15 de janeiro de 1972, quando assumiu a Paróquia São Benedito, em Pedreiras, onde ficou por 22 anos. Foi bispo diocesano de Crateús (CE) até 2012, quando recebeu nomeação pelo Papa Bento XVI para se tornar arcebispo de Teresina.

“Não poderia deixar, como amigo, como irmão, tendo-o como pastor, de comparecer aqui e partilhar este momento de alegria com o seu povo. Um legado de amor e dedicação” finalizou Dias.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.