Alagoinha do Piauí - PI

Acusados de tentar executar vereador são presos em Alagoinha do Piauí

Durante as buscas, além das três pessoas presas os policiais apreenderam armas, balaclava, e outros objetos utilizados para cometer o crime.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

A Polícia Civil de Pio IX, em conjunto com o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) da Polícia Civil e a Divisão de Operações Especiais (D.O.E), deflagrou na manhã desta quinta-feira (24) a Operação Pronta Resposta, que culminou com três pessoas presas, acusadas de envolvimento na tentativa de homicídio contra o vereador de Alagoinha do Piauí, Luís Alves Gonzaga, ocorrida na última sexta-feira (18), em São Julião.

De acordo com o delegado de Pio IX, Aureliano Barcelos, a ação contou ainda com a participação da Polícia Militar. “A Operação Pronta Resposta visava os cumprimentos de mandados de busca e apreensão referentes ao crime de tentativa de homicídio contra o presidente da câmara de Alagoinha, Luiz Alves Gonzaga, conhecido como Luizão. Na última sexta ele sofreu um atentado, deram mais de 20 tiros no carro dele, mas ele foi socorrido e sobreviveu”, contou o delegado.

  • Foto: Divulgação/MarquesLuís AlvesLuís Alves

Durante as buscas, além das três pessoas presas os policiais apreenderam armas, balaclava e outros objetos utilizados para cometer o crime. O delegado responsável pelo caso reforçou ainda que as investigações vão prosseguir no sentido de identificar mais pessoas que possam estar relacionadas ao crime contra o parlamentar.

Os alvos foram encaminhados para a delegacia, onde estão sendo ouvidos pelo delegado Aureliano Barcelos.

NOTÍCIA RELACIONADA

Vereador é baleado durante emboscada na cidade de São Julião

Mais conteúdo sobre: