Teresina - PI

Adolescentes ateiam fogo em colchões durante rebelião no CEM em Teresina

Segundo o tenente Lima, do Corpo de Bombeiros, o incêndio teve início depois que um grupo de adolescentes saiu queimando todos os objetos que estavam nas celas.

Germana Chaves
Teresina
Nayrana Meireles
Teresina
- atualizado

A tropa de choque da Polícia Militar do Piauí controlou a rebelião iniciada pelos menores que estão internados no Centro Educacional Masculino (CEM), localizado na zona norte de Teresina. O tumulto começou pouco antes das 13h deste domingo (11), quando os adolescentes atearam fogo em colchões que estavam dentro das celas.

A nossa reportagem conversou com o tenente Lima, do Corpo de Bombeiros. Ele contou que o incêndio teve início depois que um grupo de adolescentes saiu queimando todos os objetos que estavam no local.

  • Foto: DivulgaçãoRebelião no CEMRebelião no CEM

“A situação já foi contornada, mas, um grupo de aproximadamente 40 adolescentes tocou fogo em colchões, cadeiras e tudo que eles acharam pela frente. Nós conseguimos conter as chamas que ficaram concentradas em uma das alas do CEM”, contou o tenente Lima.

Ele disse ainda que quando a tropa de choque da Polícia Militar entrou no Centro Educacional Masculino, os menores responsáveis pelo motim evitaram o confronto com os militares. “Quando a polícia conseguiu entrar alguns adolescentes fugiram do confronto, evitaram bater de frente com a PM”, completou o tenente Lima.

Mais conteúdo sobre: