São Miguel da Baixa Grande - PI

Amigos e familiares se emocionam durante cortejo de Paulynho Paixão

Em um carro de som, uma das últimas músicas escritas por Paulynho emocionava os conterrâneos. A letra diz "não é pra chorar, nada de tristeza. Deus vai me guiar, vai dar certo com certeza”. 

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

Amigos e familiares do cantor e compositor Paulynho Paixão se emocionaram ao acompanhar o cortejo do corpo do artista até o cemitério municipal de São Miguel da Baixa grande. O cantor faleceu na madrugada desta sexta-feira (3) após sofrer dois acidentes.

O corpo do cantor foi velado durante algumas horas na sua residência e deixou o local em um carro de uma empresa funerária. Quando o corpo do artista foi colocado no veículo, os populares que estavam presentes aplaudiram o cantor.

Apesar da pandemia do novo coronavírus, diversos familiares e amigos acompanharam o cortejo do artista. Em um carro de som, uma das últimas músicas escritas por Paulynho emocionava os conterrâneos. Ao som de "Tudo vai dar certo" cuja a letra diz "não é pra chorar, nada de tristeza. Deus vai me guiar, vai dar certo com certeza”, amigos, familiares e fãs se despediram do cantor.

O acidente

O cantor Paulynho Paixão, 43 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira (03), após um acidente de moto na PI 225, próximo ao município de São Miguel da Baixa Grande, distante 138 KM de Teresina. Cerca de 3 horas antes, ele sofreu um acidente de carro na BR 316, em Passagem Franca.

O primeiro acidente aconteceu por volta de 20h30. Paulynho Paixão se deslocava em seu carro, um Corolla, pela BR 316, em Passagem Franca, quando perdeu o controle da direção e capotou o veículo. Paulynho Paixão não sofreu ferimentos e chegou a gravar um vídeo de seu veículo completamente destruído. “Capotei o carro aqui gente, graças a Deus não tive nada, estou bem, mas o carro ‘tá’ só o bagaço”, relatou o cantor.

Depois do primeiro acidente, o cantor foi levado por familiares para casa, em São Miguel da Baixa Grande, mas depois de chegar em sua residência decidiu voltar ao local do primeiro acidente para evitar que as rodas do veículo fossem roubadas.

O cantor pegou uma motocicleta e ao se aproximar do trecho do Riacho Dantas, na PI 225, perdeu o controle da motocicleta e caiu. Paulynho Paixão foi socorrido desacordado e levado para o Hospital Municipal Senador Dirceu Mendes Arcoverde, em Água Branca. Por volta de 2h30 da madrugada, o cantor acabou falecendo.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Amigos e fãs lamentam morte precoce do cantor Paulynho Paixão

Cantor Paulynho Paixão morre após sofrer dois acidentes no Piauí

Mais conteúdo sobre: