Teresina - PI

Apreensão de papagaio em Teresina gera repercussão nacional

A suposta ‘mãe’ do papagaio trata-se de uma mulher identificada apenas como ‘Índia’, que é esposa do homem preso.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

A apreensão de um papagaio feita pelo 17º Batalhão da Polícia Militar na Vila Irmã Dulce, zona sul de Teresina, gerou grande repercussão nas redes sociais e na imprensa a nível nacional. O inusitado desta ocorrência é que o animal, ao perceber a presença dos policiais, gritou ‘Mamãe, polícia!’ como forma de aviso aos donos do ponto de tráfico de drogas.

Os policiais chegaram até a boca de fumo após abordarem um homem que foi flagrado com entorpecentes. Ele informou onde havia comprado o material e os oficiais do 17º BPM se dirigiram até a residência.

  • Foto: Helio Alef/GP1Papagaio apreendido pela Polícia Militar em TeresinaPapagaio apreendido pela Polícia Militar em Teresina

De acordo com o 17º BPM, chegando lá, os PMs encontraram porções de crack e prenderam um homem de 30 anos. Na casa, havia também uma adolescente de 16 anos, filha do indivíduo. Ela foi apreendida, pois estava com porções de maconha escondidas nas roupas íntimas.

O pai e a filha foram conduzidos para a Central de Flagrantes de Teresina. A suposta ‘mãe’ do papagaio trata-se de uma mulher identificada apenas como ‘Índia’, que é esposa do homem preso. Ela se encontrava acamada na casa e, por isso, o indivíduo era o responsável pela comercialização das drogas.

  • Foto: Helio Alef/GP1Papagaio está preso no ZoobotânicoPapagaio está apreendido no Zoobotânico

O papagaio também foi levado para a delegacia, mas depois foi encaminhado para o Batalhão de Policiamento Ambiental. Ele foi transferido para o Zoobotânico da Capital.

Mais conteúdo sobre: