Teresina - PI

Assis diz que tem aval de Wellington para debater futuro do PT

“Estou organizando 2020 em vários municípios, incluindo Teresina, em diálogo combinado com o governador”, avisou o deputado federal.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Após o festival de polêmicas envolvendo o destino do PT de Teresina nas eleições de 2020, o deputado federal Assis Carvalho, que comanda o Diretório Regional do partido, afirmou ao GP1 neste domingo (15), que vai sim debater e organizar o partido em todo o Estado, incluindo a Capital, com o aval do governador Wellington Dias (PT).

Assis concedeu as declarações depois que o vereador da Capital Dudu Borges afirmou à nossa reportagem recentemente, que a executiva teresinense não vai aceitar intervenção de Assis na condução da sigla no tocante ao processo eleitoral que se aproxima.

  • Foto: Helio Alef/GP1Assis CarvalhoAssis Carvalho

“Estou organizando 2020 em vários municípios, incluindo Teresina, em diálogo combinado com o governador”, avisou o deputado federal.

Sobre as declarações de Dudu acerca de uma possível interferência do Diretório Estadual, Assis Carvalho preferiu não polemizar e disse apenas: “sem comentários”.

Prováveis candidatos

Assis também teceu elogios aos nomes dos deputados estaduais Fábio Novo e Franzé Silva que estão colocados para o Partido dos Trabalhadores como alternativas para concorrer à Prefeitura de Teresina no ano que vem. “São excelentes nomes. É muito bom ter quadros como Franzé e Fábio Novo”, finalizou Carvalho.

NOTÍCIA RELACIONADA

Dudu diz que PT de Teresina não vai aceitar intervenção de Assis