Acauã - PI

Borracheiro é preso por espancar e matar mototaxista em Paulistana

Francisco foi encaminhado para a 12ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Paulistana para os procedimentos cabíveis.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

A Polícia Militar de Paulistana prendeu, neste sábado (20), o borracheiro Francisco João Rodrigues, 37 anos, acusado de espancar os irmãos Andrade Irênio de Sales e José Irênio de Sales provocando a morte deste, no dia 10 de outubro. A prisão aconteceu no município de Acauã e se deu em cumprimento a mandado expedido pela juíza Thalita Cruz Sampaio.

Segundo informações do major Felipe, a Força Tática começou a realizar diligências nos municípios de Acauã e Paulistana, no sentido de localizar “Chico Doido”, assim que tomou conhecimento do mandado de prisão expedido contra o mesmo.

  • Foto: Divulgação/PM-PIFrancisco José foi preso em AcauãFrancisco José foi preso em Acauã

Na manhã de ontem, a equipe recebeu a informação de que “Chico Doido” estaria fazendo um deslocamento pela mata à procura de refeição. Foi então montada uma campana nos carreiros que dão acesso a algumas casas de parentes, na localidade Braunas, em Acauã.

Por volta das 8 horas, Francisco foi localizado e preso, não resistindo a prisão. Ainda de acordo com a polícia, ele se mostrou bastante arrependido e disse que "só pode ter sido coisa do demônio".

Francisco foi encaminhado para a 12ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Paulistana para os procedimentos cabíveis.

O crime

José Irênio de Sales, conhecido como “Dodô do mototáxi” e o seu irmão, Andrade Irênio de Sales foram agredidos a pauladas em um bar do município de Paulistana durante discussão no dia 10 de outubro.

Segundo informações do tenente Torres, da Polícia Militar de Paulistana, houve uma discussão entre o acusado, conhecido como “Chico doido”, e os irmãos durante um jogo com aposta popularmente conhecido como “baralho”. “Teve uma discussão por causa do jogo, o rapaz (José) estava dizendo que ele estava roubando no jogo, ele achou ruim e agrediu o rapaz”, afirmou o tenente.

O acusado agrediu os irmãos a pauladas na região da cabeça e ambos ficaram gravemente feridos. As vítimas foram socorridas e levadas ao Hospital Regional Mariana Pires Ferreira, em Paulistana, e posteriormente foram transferidos para o Hospital Regional Justino Luz, em Picos.

Em estado grave “Dodô do mototáxi” foi levado para Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, onde não resistiu aos ferimentos e morreu.