Teresina - PI

Candidatos à Prefeitura de Teresina participam de debate da TV Meio Norte

O primeiro turno da eleição acontece no dia 15 de novembro e o segundo turno no dia 29 de novembro.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

A Rede Meio Norte realizou neste domingo (27) o primeiro debate para a disputa pela Prefeitura de Teresina, com a participação de 10 dos 13 candidatos. O debate iniciou às 18h e foi comandado pela jornalista Maia Veloso.

Participaram do debate apenas os candidatos: Dr. Pessoa (MDB), Fábio Abreu (PL), Fábio Novo (PT), Fábio Sérvio (PROS), Gessy Fonseca (PSC), Kleber Montezuma (PSDB), Lucineide Barros (PSOL), Major Diego (Patriota), Mário Rogério (Cidadania), e Simone Pereira (PSD).

  • Foto: GP1Candidatos em Teresina: Dr. Pessoa, Fábio Abreu, Fábio Novo, Kleber Montezuma, Major Diego e Lucineide Barros.Candidatos em Teresina: Dr. Pessoa, Fábio Abreu, Fábio Novo, Kleber Montezuma, Major Diego e Lucineide Barros.

Ficaram de fora do debate: Lourdes Melo (PCO), Pedro Laurentino (Unidade Popular) e Gervásio Santos (PSTU). A cidade de Teresina possui 13 candidatos na disputa pelo Palácio da Cidade, mas por lei, as emissoras de televisão e rádio são obrigadas a convidar para o debate apenas os candidatos dos partidos que possuem pelo menos cinco representantes no Congresso Nacional.

Durante o debate, a gestão do prefeito Firmino Filho (PSDB) foi bastante criticada pelos candidatos da oposição, assim como a atuação de Kleber Montezuma como secretário municipal de Educação.

1º Bloco

Foram feitas perguntas de candidato a candidato com um tema pré-estabelecido pela produção. Um candidato escolheu quem reponderia e quem comentaria a resposta.

Assistência Social

Fábio Sérvio escolheu Kleber Montezuma para responder sobre Assistência Social e políticas públicas. Fábio Sérvio questionou Montezuma sobre o que foi feito nos 34 anos de gestão tucana em relação a pobreza e inclusão das pessoas.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Kleber MontezumaKleber Montezuma

Montezuma disse que representa “um modelo de administração que a cidade conhece e aprova. Na época de Wall Ferraz, criamos o Conselho de Assistência Social, que foi o projeto do censo de vilas e favelas onde foi feito um cadastro e que foi tão importante, que se tornou um dos maiores projetos da gestão de Firmino, o Vila e Bairros, que tornou o sonho de várias pessoas em realidade. Eu como secretário de educação, tornamos ela uma das melhores do Brasil”

Fábio Novo comentou a resposta. “A cidade tem apenas 19 CRAS, é pouco e principalmente nesse momento de pandemia. O próximo gestor deve avançar nas políticas e eu sendo o gestor, vou trabalhar nisso. Temos 17% das pessoas na melhor idade e temos apenas um centro para isso. É necessário avançar muito mais”, afirmou.

Fábio Sérvio respondeu afirmando que “é interessante como o Montezuma fala do passado. Essa demora que é uma característica dessa gestão, sem entregar uma porta de entrada e de saída, de nada adianta”.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Fábio Sérvio durante discurso Fábio Sérvio

Política Crianças e Adolescentes

Logo depois Montezuma escolheu Dr. Pessoa para responder e Mário Rogério para comentar sobre o que vai fazer para manter a política para crianças e adolescentes.

“Eu não vou aprovar a educação infantil de qualquer maneira. Eu não vou como gestor, influenciar o Ideb. Não estou dizendo que está em roubo. Na educação em Teresina eu bato palmas para professores, pois sem estrutura, sem tablet, sem computador. Por isso que está tudo parado, porque os gestores foram incompetentes. Só Deus sabe a influência que tem para ter um resultado positivo. Eu parabenizo é os professores”.

Mário Rogério foi escolhido para comentar. “Acho que hoje a prefeitura está comemorando esse avanço, mas acho que a comparação está em um patamar baixo. A gente tem que ir para cima”, destacou. Kleber Montezuma teve a oportunidade de comentar e destacou as várias visitas de representantes de vários estados para conhecer a educação. Já Dr. Pessoa comentou que Montezuma vive do passado e não tem obras e projetos para a cidade.

Emprego e Renda

Logo depois Dr. Pessoa escolheu Fábio Abreu para comentar sobre criação de emprego e renda. “É um problema seríssimo, Teresina é uma das capitais que mais perderam emprego na pandemia. Temos a insensibilidade e inércia da prefeitura. Temos um projeto que será composto por profissionais da economia, administração e empresários para trazer investimentos, recuperar as empresas que foram fechadas pelo fracasso da política atual”, disse Fábio Abreu.

Simone Pereira comentou a resposta. “Não podemos deixar de comentar a política ditatorial da prefeitura na pandemia, temos que pensar no trânsito em Teresina que quebrou os comerciantes de Teresina, temos que atrair grandes investimentos, pensar no pequeno empresário”, disse Simone. Dr. Pessoa concordou com o posicionamento de que o prefeito Firmino Filho não se preocupou com a questão relacionada a geração de emprego e renda.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Simone PereiraSimone Pereira

Educação

Já Fábio Abreu escolheu Gessy Fonseca para comentar sobre a Educação. Ela afirmou que o seu objetivo é dar a oportunidade das mães terem um espaço com boa estrutura para deixarem as crianças, também destacou a valorização, fortalecimento da educação, principalmente dando uma profissionalização. Fábio Sérvio foi escolhido para comentar, e disse que o problema da educação é a gestão e que existem 104 cidades com Ideb melhores que a cidade de Teresina.

Fábio Abreu teve a oportunidade de comentar e criticou a gestão de Montezuma. “O que acontece na educação e Teresina é a opressão e assédio moral para obter esses resultados. É possível ter esses resultados tratando de forma humanizada e as crianças de forma igualitária. É um sistema que exclui as crianças”, afirmou.

Mobilidade Urbana e Transportes

Gessy Fonseca questionou Lucineide Barros sobre o sistema Integra. “Não temos uma política de transporte em Teresina, que implica em compreender que boa parte de população não utiliza o ônibus porque não pode pagar. Temos um sistema que se movimenta pelos interesses da iniciativa privada. Nossa primeira medida seria criar um Conselho Municipal de Transporte que realmente funcione”, disse a candidata.

Mário Rogério comentou que é a favor do Integra, disse que a ideia é boa, mas que não funciona. Ele disse que se fosse prefeito, cadastraria transporte alternativo para os horários de pico, pois o sistema privado não está funcionando. Gessy Fonseca comentou o uso de faixas exclusivas que prejudicaram os comerciantes, citando como exemplo o Dirceu Arcoverde.

  • Foto: Alef Leão/GP1Gessy Fonseca, candidata a prefeita de Teresina pelo PSCGessy Fonseca, candidata a prefeita de Teresina pelo PSC

Economia

Lucineide Barros questionou Simone Pereira sobre a proposta para economia. “Temos visto uma quebradeira total na economia. Sofremos uma perda grande com a saída da Coca-Cola. A necessidade de atrair investimentos é essencial, mas a cidade precisa ter infraestrutura. Não entendo política pública sem ser articulada”, afirmou.

Major Diego foi escolhido para comentar, onde falou sobre a situação das pessoas desempregadas, que estariam em 135 mil e disse que possui um projeto para a melhoria da economia.

Desenvolvimento urbano

Simone Pereira questionou para Fábio Novo sobre um reordenamento urbano. O candidato destacou a melhoria no saneamento, a questão da tecnologia, para colocar os bairros conectados, pois isso geraria empregos e criticou a burocracia.

Fábio Sérvio foi escolhido para comentar e destacou a falta de melhorias no desenvolvimento da cidade. Já Simone Pereira disse que Teresina tem crescido de forma desordenada, sem acessos básicos a várias pessoas.

Saúde

Fábio Novo questionou o major Diego sobre a dificuldade para ter acesso as consultas. O major destacou a falta de transparência na gestão em Teresina em relação a aplicação dos recursos na saúde, principalmente do uso dos recursos na pandemia. Fábio Abreu comentou sobre o abandono das pessoas da área rural, sobre a falta de acesso à saúde.

  • Foto: Alef Leão/GP1Fábio NovoFábio Novo

Meio Ambiente

Major Diego questionou Mário Rogério sobre o problema dos lixões. Ele respondeu afirmando que é um problema grave e que a solução é a incineração e que a cidade está atrasa em relação nisso. Ele ainda destacou outros problemas ambientais. Fábio Abreu explicou que a cidade tem problemas crônicos e que vai buscar a melhoria dos rios para a preservação do meio ambiente.

Esporte, Lazer e Cultura

Mário Rogério questionou Fábio Sérvio sobre a falta de propostas para essa área da atual gestão. Fábio Sérvio então mencionou a situação do Ginásio Pato Preto que está abandonado, e ainda destacou a necessidade destinar mais recursos do orçamento para esse setor devido também a sua importância social. Kleber Montezuma foi escolhido para comentar e defendeu a gestão do prefeito Firmino Filho.

2º Bloco

No segundo bloco foi feita uma pergunta de candidato a candidato com tema livre. Além disso, uma pessoa era escolhida para comentar sobre o tema.

Saúde

Montezuma foi o primeiro a perguntar e questionou Dr. Pessoa sobre como ele agiria com a pandemia do coronavírus. “Eu sou homem da ciência e obedeço a Organização Mundial de Saúde. Se vocês tivessem obedecido, não teria ocorrido esse alastramento. A saúde de Teresina era desintegrada, só agora estão olhando com bons olhos os profissionais da saúde”, afirmou.

Mário Rogerio disse que objetivo da prefeitura era ter uma grande quantidade de contaminados e que ocorreram exageros, como a paralisação no transporte público e o fechamento da ponte de Teresina para Timon.

  • Foto: Alef Leão/GP1Dr. Pessoa Dr. Pessoa

Montezuma então criticou a resposta de Dr. Pessoa. “Ele se contorceu e não respondeu. O que eu perguntei é se ele teria mantido o que ele disse, que fecharia tudo, e não esse contorcionismo”, disse. Já Dr. Pessoa declarou que ele não iria cometer os exageros que ocorreram na gestão de Firmino.

Montezuma teve direito de resposta, e disse que todas as medidas foram tomadas em defesa dos teresinenses e que os resultados foram melhores do que muitas cidades.

Transporte Público

Já Dr. Pessoa questionou o jornalista Mário Rogério sobre o transporte público. O jornalista afirmou que a atual situação não consegue atender a população e que vai cadastrar ônibus alternativos para ajudar no transporte coletivo e defendeu a permanência dos corredores de ônibus, mas com mudanças. Simone Pereira foi escolhida para comentar e afirmou que a integração implantada não se integra ao modelo da cidade e que o processo foi realizado sem consultar a realidade da população.

Segurança Pública

Mário Rogério então questionou Fábio Abreu sobre como ele pretende fazer segurança pública na cidade e usar a Guarda Municipal. Fábio Abreu disse que a Guarda Municipal tem uma função específica e que é importante ter uma integração. Ele disse que a prefeitura não se comunica com o Estado e que é importante integrar as instituições. O candidato explicou que vai criar uma Secretaria Municipal de Segurança Pública e que vai implementar o sistema Mirim Cidadão. Gessy Fonseca comentou o tema e disse que são necessárias políticas de prevenção como a melhoria da iluminação e incentivando os jovens na prática dos esportes.

  • Foto: Reprodução/FacebookJornalista Mário RogérioJornalista Mário Rogério

Zona Rural

Fábio Abreu questionou Fábio Novo sobre o esquecimento das pessoas da zona rural. O petista disse que Teresina tem a maior zona rural do país e metade da população não tem água potável e que os campos de produção estão abandonados, faltando infraestrutura como a melhoria das estradas. Major Diego, ao comentar, fez críticas à gestão de Fábio Abreu em relação a segurança pública e disse que foi com a gestão do deputado que chegaram facções na capital.

Fábio Abreu teve um direito de resposta devido a declaração do major Diego e destacou que tem uma história limpa e que trabalha para fortalecer a segurança pública.

Cultura

Fábio Novo questionou Simone Pereira sobre a situação cultural na capital. Simone afirmou que a cidade tem potencial, mas que existe uma negligência e falta de apoio para a área, assim como destacou os incentivos que podem ser feitos. Gessy Fonseca foi escolhida para comentar e citou a situação do Centro da cidade, onde patrimônios públicos estão abandonados. Ela afirmou que trabalharia na revitalização e incentivando a realização de feiras e eventos culturais.

Educação inclusiva

Simone Pereira escolheu o major Diego para responder sobre a necessidade de uma rede de proteção especial, sobre a educação inclusiva. O major disse que Teresina sofre com a atual gestão e que se fosse eleito teria uma atenção especial com as pessoas com deficiência. Lucineide Barros comentou o tema, afirmando que o desafio é constituir outra concepção de assistência social, com uma política pública de atuação social.

Violência

Major Diego questionou Gessy Fonseca sobre a segurança pública. Ela então destacou os altos índices de violência e disse que é necessária uma política de prevenção, como incentivo no esporte, para afastar as crianças e adolescentes das drogas. Kleber Montezuma comentou e fez críticas sobre a segurança pública, afirmando que a secretaria estadual foi transformada em um gabinete político para eleger o ex-secretário Fábio Abreu.

  • Foto: Helio Alef/GP1Major DiegoMajor Diego

Retomada da Economia

Gessy Fonseca questionou Fábio Sérvio sobre quais as medidas necessárias para a retomada da economia, que foi afetada pela pandemia. Fábio Sérvio disse que a atual gestão nunca incentivou o setor econômico e comentou sobre a burocracia e a falta de incentivos para os empresários. Dr. Pessoa foi escolhido para comentar o tema e disse que é importante incentivar os pequenos e microempreendedores da cidade, principalmente, por meio de políticas públicas.

Atenção Básica de Saúde

Fábio Sérvio escolheu Lucineide Barros para responder sobre a redução de recursos para a área da saúde básica, enquanto aumentou a demanda. Lucineide disse que a cidade não tem gestão pública de saúde e que o foco da prefeitura é na saúde privada. Kleber Montezuma criticou o fato da oposição fazer críticas sem fundamento. Ele disse que 34% das despesas da prefeitura são com a área da saúde e que ainda faz um trabalho que seria do Governo do Estado.

Moradia

Lucineide Barros questionou Kleber Montezuma sobre o déficit de moradia. Ele então destacou seu trabalho nessa área de regularização fundiária, quando foi secretário de Assistência Social, e destacou as suas propostas para a área da educação. Fábio Abreu comentou o tema e disse que existem muitas pessoas sem qualquer tipo de atenção, sem qualquer atendimento básico. Logo depois Lucineide Barros criticou o fato de Kleber Montezuma não responder sobre o tema.

3º Bloco

No terceiro bloco os jornalistas da TV Meio Norte fazem uma pergunta para cada candidato e outra pessoa é escolhida para comentar. As perguntas dos jornalistas eram gravadas.

O jornalista Ananias Ribeiro perguntou ao candidato Fábio Novo quais as ações para fazer a economia melhorar após a pandemia. O petista então disse que a realização de obras aquece a construção civil e gera emprego, assim como diminui a burocracia para que as empresas possam ser abertas. Já Fábio Sérvio disse que é preciso incentivar a iniciativa privada e destacou o aumento de pessoas desempregadas.

O jornalista Arimatéa Carvalho questionou Fábio Sérvio sobre quais seriam as suas ações para diminuição da violência. Fábio Sérvio disse que iria investir em tecnologia, aumentar a Guarda Municipal e fazer uma integração com a Polícia Civil e Militar, entre outras ações. Major Diego comentou sobre o tema e disse que iria resgatar o Ronda Cidadão e fazer um Centro Integrado de Segurança.

A jornalista Sávia Barreto questionou major Diego sobre o apoio a Bolsonaro e a possibilidade de uma reforma administrativa na sua gestão como o presidente fez. Na sua resposta, o major destacou atuação de Bolsonaro na pandemia e disse que na prefeitura existem muitos cabides de emprego e que pretende fazer uma reforma administrativa se for eleito. Mário Rogério comentou o tema e disse que também tem intenção de fazer uma reforma administrativa, com a criação de novas SDUs na cidade.

O jornalista Amadeu Campos acabou questionando Mário Rogério sobre a sua falta de experiência de gestão pública e se isso iria atrapalhar. Mário disse que isso não iria atrapalhar, pois possui uma visão sobre a cidade e do que ela precisa. Gessy Fonseca comentou o tema, e disse que a sua falta de experiência não irá atrapalhar, pois tem uma experiência como cidadã.

A jornalista Sávia Barreto questionou Gessy Fonseca sobre que leis precisam ser revistas em Teresina para ajudar na abertura de empresas. Gessy então destacou o problema relacionado a falta de IPTU e que regularização de imóveis ajudaria nesse processo, assim criticou a burocratização para se conseguir um alvará. Já Kleber Montezuma comentou o tema e disse que possui experiência na área de regularização e que irá trabalhar nessa área, assim como ajudar os microempreendedores.

O jornalista questionou Kleber Montezuma sobre a parcela de teresinenses que querem uma mudança de gestão. O candidato disse que representa um modelo de gestão que dará continuidade ao que está sendo feito e que tem experiência para fazer as mudanças necessárias. Já Lucineide Barros criticou a atual gestão e disse que a população tem apontados os problemas, e destacou a necessidade de mudar, para que a cidade passe por outro tipo de experiência.

  • Foto: Divulgação/AscomProfessora Lucineide Professora Lucineide

Ananias Ribeiro questionou Lucineide Barros sobre o fato do seu partido sempre questionar as ações de Jair Bolsonaro, e se isso ocorreu também com a gestão em Teresina. Lucineide Barros disse que apesar de a bancada nacional da legenda ser pequena ela é atuante. Ela disse que em Teresina, a atuação não tem sido jurídica, mas sim com uma atuação com os setores populares, por meio de reivindicações. Fábio Abreu disse que a população quer uma mudança, e que a maior parte da população reclama das ações da prefeitura e que ela vai ser a responsável pela decisão para alternância de poder.

O jornalista Ananias Ribeiro destacou o confronto de facções em Teresina e questionou o que ele faria de diferente em Teresina para resolver esse problema. Fábio Abreu afirmou que esse é um problema nacional e que tem sido combatido pelos policiais. Ele destacou necessidade de fazer um trabalho de prevenção, disse que o trabalho não se faz sozinho, mas que a atual gestão estava evitando fazer um trabalho integrado. O candidato Dr. Pessoa comentou o tema, disse que pretende criar uma Secretaria Municipal para a Segurança Pública, e que vai trabalhar integrado com o Governo do Estado e Federal.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Fábio AbreuFábio Abreu

O jornalista Amadeu Campos questionou Dr. Pessoa se ele acredita que o resultado da eleição vai ser diferente das demais que ele passou, onde não conseguiu se eleger. O candidato disse que nas outras eleições tiveram candidatos que não cumpriram a Constituição, mas que dessa vez ele está precavido e acredita em Justiça. Já Simone Pereira disse que a população está em um momento diferente e que quer mudança.

Arimatéa Carvalho questionou a assistente social Simone Pereira sobre as melhorias para a área da saúde. Ela disse que a pandemia desmascarou todo o sistema de saúde que a atual gestão dizia que tinha, mas que a pandemia mostrou que a realidade é outra. Fábio Novo destacou a atuação da gestão petista para a melhoria da saúde na capital.

Quem são os candidatos

O ex-deputado estadual Dr. Pessoa disputa novamente a Prefeitura de Teresina, tendo como vice o ex-deputado estadual Robert Rios (PSB). Já o deputado federal e ex-secretário de Segurança Fábio Abreu disputa pela primeira vez a Prefeitura de Teresina e tem como vice a pastora Diana Carvalho (Republicanos).

O candidato do PT é o deputado estadual Fábio Novo, que também disputa pela primeira vez o cargo. Ele tem como vice o professor Érico Luiz (PTC). O empresário Fábio Sérvio é o candidato do PROS e já concorreu ao Governo do Piauí. Ele tem como vice o empresário Raulli Brito que é do mesmo partido.

O professor Gervásio Santos está concorrendo ao cargo de prefeito pelo PSTU. Ele tem como vice o professor Egmar Júnior, que é do mesmo partido. Gervásio é irmão do também candidato Kleber Montezuma.

A empresária Gessy Fonseca concorre pela primeira vez ao cargo de prefeita pelo PSC e tem como vice a professora Mara Denise, que é do mesmo partido. O ex-secretário municipal de Educação Kleber Montezuma, foi o escolhido pelo prefeito Firmino Filho (PSDB) para a disputa na capital. Montezuma tem como vice o sargento R. Silva (Progressistas).

A professora Lourdes Melo, que já concorreu ao Governo do Piauí e a Prefeitura de Teresina, foi a escolhida do PCO. Ela tem como vice a professora Albetiza Moreira, que também é do PCO.

O PSOL tem uma chapa feminina, que é liderada pela professora Lucineide Barros e pela servidora pública estadual Cyntia Falcão, que é do mesmo partido. O Patriota tem como candidato o major Diego Melo, que tem como vice, a médica Elisvania Rodrigues, que é do mesmo partido.

O jornalista Mário Rogério também está concorrendo ao cargo de prefeito pelo Cidadania e tem como vice a agente administrativa Nazaré Barbosa. O servidor público federal Pedro Laurentino concorre ao cargo de prefeito pela UP e tem como vice Ellica Ramona, que é da mesma legenda.

A assistente social Simone Pereira é a candidata a prefeita pelo PSD e tem como vice o empresário José Valter Evangelista, mais conhecido como Valtão.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Instituto GP1: confira os nomes mais citados na disputa para vereador de Teresina

Instituto GP1: veja a situação dos candidatos a prefeito em cada região de Teresina

Dr. Pessoa 29,63%, Fábio Abreu 16,52% e Kleber 14,43%, aponta Instituto GP1