Monsenhor Gil - PI

Comerciante é morto com tiro de espingarda no rosto em Monsenhor Gil

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito de cometer o crime foi preso em flagrante e levado para o 18º Distrito Policial de Monsenhor Gil.

Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

Um comerciante identificado como Sebastião Viveiros Teixeira, de 51 anos, foi morto na sala de casa no final da tarde desta terça-feira (08), por volta das 17h, com um tiro de espingarda no rosto após uma discussão com um vizinho, no bairro Caluzo, no município de Monsenhor Gil.

Segundo o subcomandante Geailson, o acusado mora ao lado da casa da vítima e foi identificado como Jorge Luís dos Santos, de 50 anos. A arma utilizada no crime é uma espingarda cartucheira de calibre .20.

  • Foto: Divulgação/PMSebastião ViveirosSebastião Viveiros

“Eles eram vizinhos, e tinham uma briga antiga. Durante uma dessas brigas na tarde de hoje o fato aconteceu. O acusado do crime aparenta ter problemas psicológicos e tinha colocado na cabeça que tinha sido afetado por uma macumba feita pelo Sebastião. Ele então discutiu com a vítima e depois foi em casa, pegou a espingarda e executou o crime”, contou o sargento.

“Com essa ideia de macumba na cabeça Jorge Luís deduzia que todos os problemas que apareciam em sua vida eram causados por essa 'praga' que a vítima teria jogado sobre ele. Se acontecia uma briga dele com a mulher ou com o filho, o acusado falava que era culpa do Sebastião”, informou o subcomandante.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o suspeito de cometer o crime foi preso em flagrante e levado para o 18º Distrito Policial de Monsenhor Gil e deve ser encaminhado ainda hoje para a Central de Flagrantes de Teresina.

O Instituto de Medicina Legal (IML) foi acionado para fazer a remoção do corpo da vítima. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Mais conteúdo sobre: