Teresina - PI

Covid-19: Guarda Municipal interdita lojas Americanas de Teresina

O GP1 conversou com o secretario Samuel Silveira e ele nos informou que a interdição vai se estender a todas as lojas da Capital que estiverem funcionando.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

A Guarda Municipal de Teresina interditou duas unidades das lojas Americanas, situadas nas Avenidas Dom Severino e Nossa Senhora de Fátima, todas na zona leste da Capital. O GP1 conversou com secretário Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, vereador licenciado Samuel Silveira, e ele informou que a interdição vai se estender à todas as lojas da Capital que estiverem funcionando.

“Lá eles só vendem basicamente chocolates e não justifica estarem funcionando. Por isso, interditamos as lojas da Dom Severino e Nossa Senhora de Fátima e agora estamos nos dirigindo as unidades da Barão e do Centro da cidade”, explicou Samuel ao GP1.

  • Foto: Alef Leão/GP1Samuel SilveiraSamuel Silveira

O secretário disse ainda que os responsáveis pelas lojas tentaram argumentar que tinham alvará para funcionamento. “O decreto é claro só pode funcionar o estabelecimento que presta serviços essências”, frisou Samuel.

Decreto

O governador Wellington Dias e o prefeito Firmino Filho (PSDB) assinaram decreto suspendendo todas as atividades comerciais que não fossem consideradas essências, a exemplo, de supermercados, farmácias e postos de combustíveis, entre outros. A medida foi necessária para forçar o isolamento social e evitar a proliferação da novo coronavírus (covid-19) que no Piauí, já causou quatro mortes.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Covid-19: decretos de Wellington Dias e Firmino Filho entram em vigor

Wellington Dias prorroga decretos e quarentena vai até 30 de abril

Firmino Filho assina novo decreto de calamidade e mantém isolamento