Coronavírus no Piauí

Covid-19: STF libera respiradores retidos na Justiça para o Piauí

Os 80 equipamentos chegarão ao estado na próxima semana e serão recebidos em duas remessas.

Nathalia Carvalho
Teresina
- atualizado

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu liberar ao estado do Piauí, nessa quinta-feira (21), os 80 respiradores que estavam retidos na Justiça devido à requisição administrativa do Ministério da Saúde.

De acordo com o Governo do Piauí, os respiradores serão recebidos de forma segmentada, sendo 41 em uma primeira remessa e 39 em uma segunda remessa. A decisão já havia sido reconhecida pela Justiça Federal do Piauí e com a decisão do STF, os equipamentos chegarão ao estado na próxima semana.

Parte das aquisições será destinada aos leitos de UTI que estão sendo implantados no Hospital da Polícia Militar, em Teresina. Os equipamentos também serão encaminhados para o Hospital Getúlio Vargas, Hospital Natan Portella e para os Hospitais Regionais do estado com o objetivo de ampliar a capacidade de terapia intensiva.

“Preparamos o HPM como um hospital sentinela de referência ao enfrentamento da Covid-19 e também começamos a estruturação dos leitos de UTI que seriam implantados na unidade, faltando apenas os respiradores para completar os leitos de UTI. Com a chegada dos equipamentos, dez deles serão encaminhados para o HPM”, informou o secretário de saúde Florentino Neto.

Mais conteúdo sobre: