Teresina - PI

Delegado Anchieta Pontes é preso acusado de agredir a namorada

Procurado pelo GP1 na manhã desta quinta-feira (21), o delegado Anchieta Pontes negou que tenha agredido a namorada. "Não sou eu, estão enganados, deve ser outra pessoa", disse.

Raisa Brito
Teresina
Nayrana Meireles
Teresina
- atualizado

O delegado José de Anchieta Pontes dos Santos, lotado na delegacia de Polícia Civil de Monsenhor Gil, no interior do Piauí, foi preso na madrugada desta quinta-feira (21), acusado de agredir a namorada. O delegado foi conduzido para a Central de Flagrantes, pagou fiança e já foi liberado.

O secretário de Segurança Pública do Estado (SSP-PI), Fábio Abreu, e o delegado geral de Polícia Civil, Luccy Keiko, confirmaram a informação ao GP1 na manhã desta quinta-feira.

  • Foto: Arquivo PessoalDelegado José de Anchieta Pontes Delegado José de Anchieta Pontes

"É o delegado de Monsenhor Gil, ele foi detido, pagou fiança e já está liberado. O caso ocorreu em Teresina e as devidas medidas estão sendo tomadas", informou Luccy Keiko.

Em nota encaminhada ao GP1, a Secretaria de Segurança Pública confirmou o ocorrido e disse que o caso será encaminhado para a Corregedoria Geral da Polícia Civil.

Confira a nota da Secretaria de Segurança na íntegra:

A Secretaria de Estado da Segurança Pública afirma que o delegado José de Anchieta Pontes dos Santos foi preso na madrugada desta quinta-feira (21) pelo crime de lesão corporal em situação de violência doméstica. Policiais militares o conduziram para Central de Flagrantes de Teresina onde mesmo pagou fiança. O caso será encaminhado para Corregedoria Geral da Polícia Civil.

Outro lado

Procurado pelo GP1 na manhã desta quinta-feira (21), o delegado Anchieta Pontes negou que tenha agredido a namorada. "Não sou eu, estão enganados, deve ser outra pessoa", disse.

Mais conteúdo sobre: