Piauí

Delegado da Polícia Federal apura assalto aos correios no Piauí em que dois bandidos foram baleados

O delegado da PF, Alex vai ouvir funcionários da Agência dos Correios que se encontravam na agência no momento do assalto.

JOSÉ SARAIVA DO GP1

O delegado da Polícia Federal, Alex Chagas foi designado hoje (27) para apurar o assalto ocorrido na manhã do último dia 22, na Agência dos Correios de Baixa Grande do Ribeiro, no Sul do Piauí, em que os bandidos fugiram levando 60 mil reais e durante perseguição da Polícia Militar, dois dos acusados foram baleados e se encontram internados no Hospital Regional de Floriano-PI. Os acusados estão no hospital, escoltados por policiais militares. O delegado Alex Chagas foi designado para presidir o inquérito que apura o assalto pelo Delegado Regional de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal no Piauí, Nelson Estevam.

Nelson Estevam (foto) informou à reportagem do GP1 que o delegado Alex com uma equipe de agentes da PF seguiu hoje (27) para Baixa Grande do Ribeiro e Floriano. A Delegada Regional da Polícia Civil em Floriano, Adriana Maria Xavier informou ao diretor do GPI, Adail Abdias de Barros que todo o dinheiro do assalto foi recuperado pelas Polícias Civil e Militar e os três homens que se envolveram no roubo, estão presos e autuados em flagrante. Dois se encontram no Hospital de Floriano que são identificados por Francisco de Assis Costa Neto e o menor A.F.L.

O terceiro acusado identificado por Ganssi de Sousa e Silva foi preso no Município de Ribeiro Gonçalves, sendo autuado em flagrante naquele Município, onde se encontra recolhido na delegacia local, à disposição da Justiça Federal.

O delegado da PF, Alex vai ouvir funcionários da Agência dos Correios que se encontravam na agência no momento do assalto, clientes e os policiais que participaram das buscas aos três acusados. Somente depois, é que ele vai interrogar os acusados do roubo. A delegada Adriana informou ao GP1 que o acusado Ganssi de Sousa está recolhido na cadeia de Ribeiro Gonçalves porque ele foi capturado naquele Município e a estrada para Baixa Grande do Ribeiro está em situação precária. Ela falou que o auto de prisão em flagrante dos acusados está sendo transferido para ser concluído pela Polícia Federal, porque o crime que eles praticaram é de sua competência.

Mais conteúdo sobre: