Política

Elmano diz que piauiense Kássio Nunes é muito respeitado no meio jurídico

“Essa indicação é mérito do Kassio, um magistrado piauiense com grande capacidade de articulação e muito respeitado no meio jurídico", afirmou o senador Elmano Férrer.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O senador Elmano Férrer usou sua página no Twitter para comentar, nesta quarta-feira (30), a indicação do desembargador federal piauiense, Kássio Nunes Marques, ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“Será uma alegria para nós a indicação do presidente @jairbolsonaro do nome do desembargador federal piauiense Kassio Nunes Marques para o Supremo Tribunal Federal, na vaga aberta com a saída do ministro Celso de Mello”, escreveu Férrer.

Para o senador, a indicação é mérito do próprio desembargador que, segundo ele, possui uma grande capacidade de articulação. “Essa indicação é mérito do Kassio, um magistrado piauiense com grande capacidade de articulação e muito respeitado no meio jurídico. Ficamos na torcida para que o Nordeste, em especial, o nosso Piauí tenha representatividade na mais alta Corte do país”.

Escolha do presidente

A escolha foi dada em primeira mão pelo colunista Lauro Jardim, em O Globo, e confirmada por dois ministros do STF. O ‘Estadão’ também confirmou a indicação. Segundo o colunista, o piauiense é católico, sendo um dos desembargadores federais mais produtivos com uma média de 600 decisões por dia.

O nome foi bem recebido no tribunal. Na avaliação de magistrados, Marques tem um perfil centrado, discreto e religioso, ao que lhes parece, sem ser radical. Marques não figurava entre os cotados para a vaga, aberta com a aposentadoria do decano da Corte, Celso de Mello, no próximo dia 13. O desembargador, que tem 48 anos, se nomeado, poderá ficar na Corte até 2047.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Kassio Nunes tem perfil discreto e é bem avaliado por ministros

Bolsonaro escolheu piauiense para vaga no STF, diz colunista

Ciro Nogueira acredita que Kássio Nunes Marques vai chegar ao STF