Teresina - PI

Em novo decreto, Firmino Filho proíbe aglomeração em parques municipais

No decreto, publicado no Diário Oficial do Município, o prefeito autoriza a Guarda Civil Municipal a conter “qualquer tipo de aglomeração ou grande circulação de pessoas".

Thais Guimarães
Teresina
- atualizado

O prefeito Firmino Filho (PSDB) adotou mais uma medida para intensificar o isolamento social da população de Teresina durante a pandemia de coronavírus (covid-19), assinando um novo Decreto Municipal, de Nº 19.585/2020. No documento, publicado no Diário Oficial do Município nesta sexta-feira (03), o chefe do executivo autoriza a Guarda Civil Municipal a conter “qualquer tipo de aglomeração ou grande circulação de pessoas, em especial nas áreas e espaços públicos”.

O decreto municipal determina a intensificação das medidas de suspensão do funcionamento e interrupção do acesso e frequência de pessoas a "parques municipais, áreas públicas de recreação, de lazer, de práticas esportivas e demais atividades físicas", para evitar aglomerações.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Firmino FilhoFirmino Filho

No artigo 2º do documento, o prefeito ordena que a Guarda Municipal de Teresina contenha qualquer tipo de aglomeração em espaços públicos da capital. “A Guarda Civil Municipal, dentre as diversas ações que vem executando para o cumprimento dos Decretos Municipais já expedidos, está autorizada para conter qualquer tipo de aglomeração ou grande circulação de pessoas, em especial nas áreas e espaços públicos a que se refere este Decreto”.

Firmino Filho reforça as recomendações para a população ficar em casa, se limitando a sair em casos estritamente necessários. ”A população de Teresina deve evitar a circulação pela cidade nesse período, salvo para as atividades inadiáveis e essenciais, principalmente as ligadas à saúde, alimentação e trabalho, permanecendo nestes locais pelo tempo minimamente necessário”, consta no documento.

Decreto Nº 19.548/2020

No dia 29 de março o prefeito de Teresina assinou o Decreto Nº 19.548/2020, reforçando as medidas de isolamento social, com a suspensão de grande parte das atividades na capital, permanecendo apenas as consideradas essenciais.

Guarda Municipal

Informações fornecidas pela Prefeitura de Teresina na última quinta-feira (02) apontam que mais de 2 mil estabelecimentos com serviços considerados não essenciais foram fechados pela Guarda Civil Municipal desde o dia 21 de março.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Firmino Filho assina novo decreto de calamidade e mantém isolamento

Guarda Municipal de Teresina já interditou 2 mil estabelecimentos

Sobe para 22 número de casos confirmados de coronavírus no Piauí