Teresina - PI

Firmino diz que prefeitura investiu R$ 10,9 milhões em testes da covid-19

“Até agora foram investidos R$ 10,9 milhões com recursos do tesouro municipal”, informou o prefeito.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, anunciou que a prefeitura vai alcançar a marca de 110 mil testes para a covid-19 (coronavírus) nos próximos dias. Segundo ele, já foram investidos mais de R$ 10 milhões. As afirmações foram feitas, na tarde desta terça-feira (02), através de sua página no Facebook.

De acordo com o gestor, foram comprados 65 mil testes, outros 10 mil foram recebidos do Governo Federal e a prefeitura já está no processo de licitação para mais 35 mil testes. “Até agora foram investidos R$ 10,9 milhões com recursos do tesouro municipal”, informou o prefeito.

“Além de testar nossos profissionais de saúde, servidores e iniciar o processo em profissionais autônomos que circulam pela cidade como taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativo; conseguimos alcançar um objetivo que considero importante: começar a realizar testes em todos os pacientes sintomáticos há mais de oito dias, que chegam em busca de atendimento em 19 unidades básicas de saúde espalhadas por toda cidade”, revelou Firmino.

Para o prefeito, o essencial, nesse momento, é a ampliação da capacidade de testagem. “Até porque, para iniciar o processo de retomada econômica precisamos ter maior controle sobre o nível de infecção da cidade. Por isso a meta de mil testes por dia foi estipulada como uma medida de segurança importante” afirmou.

Para finalizar, Firmino agradeceu a todos os empresários que entenderam a importância da parceria e testaram ou estão testando seus colaboradores. “É esse esforço coletivo que vai nos garantir a construção desse novo e importante momento para a vida em nossa cidade”, encerrou.

Alvo de manifestantes

Um grupo de empresários fez um 'buzinaço' na frente da casa do prefeito Firmino Filho, na noite desta segunda-feira (01). Dentro de seus carros, eles pediam a reabertura das atividades comerciais, que se encontram suspensas em decorrência da pandemia de coronavírus (covid-19).

Por meio de suas redes sociais, Firmino lamentou o ocorrido. Ele desabafou que nunca havia presenciado uma situação como essa. “Nesses quase 30 anos de vida pública, já enfrentei muitos adversários. Mas nunca, nunca, nenhum chegou ao ponto de agredir meu lar e minha família como acabou de acontecer em frente a minha casa. Um desrespeito não apenas à minha mulher e aos meus filhos, mas também aos meus vizinhos, que há décadas me conhecem e são testemunhas do respeito que sempre tive pelo espaço privado das famílias”, declarou o prefeito em seu perfil no Twitter.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Empresários vão até casa de Firmino protestar pela reabertura do comércio

Wellington Dias defende Firmino após protesto de empresários

Políticos repudiam manifestação na porta da casa de Firmino Filho