Teresina - PI

Firmino Filho adia reabertura de setores econômicos em Teresina

Segundo Firmino, o adiamento se deu devido ao Centro da capital ter registrado um grande fluxo de pessoas.

Andressa Martins
Teresina
Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

Durante uma live onde apresentou o relatório da pesquisa de investigação sorológica em Teresina nesta quarta-feira (8), o prefeito Firmino Filho (PSDB) informou que decidiu postergar a data da retomada dos setores da economia que iriam reabrir na próxima semana. Um novo decreto será publicado hoje.

Firmino destacou que foi permitida na segunda-feira (6) a retomada da construção civil porque os trabalhadores ficam em locais abertos e não estão concentrados em apenas um ponto da cidade. No entanto, o Centro da capital registrou uma grande movimentação e alguns estabelecimentos abriram de forma clandestina.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Prefeito Firmino Filho Prefeito Firmino Filho

“O que vimos ontem no Centro é que a pessoas acham que voltou a vida normal, o que não é verdade, a prefeitura aumentou a fiscalização e punição para os que estão desrespeitando os decretos. A prefeitura se sente forçada a ser mais rigorosa para evitar desrespeito com as estratégias que estamos adotado”, afirmou o prefeito de Teresina.

Congelamento da retomada

Um novo decreto será publicado pelo prefeito postergando a liberação de atividades que seriam retomadas na próxima semana. A segunda etapa, com início previsto para 13 de julho, atende as empresas ligadas aos setores de concessionárias, vendas de peças e automotivo.

“Somos forçados a fazer esse congelamento do processo de retomada da economia. Tínhamos duas etapas, na semana que vem teríamos outros setores, mas hoje vamos fazer um decreto postergando liberação, porque tivemos muito desrespeito, principalmente no Centro, onde estão fazendo as pessoas desrespeitarem”, continuou.

“A segunda fase seria dia 13, mas não será mais, agora só dia 20, por causa desse desrespeito. Tem muitos comércios de forma clandestina. Se não esperarem a gente vai ter um retrocesso. Então é necessário colocar isso, acima dos interesses pessoais, senão a gente não vai sair dessa”, disse.

“Vamos jogar duro”

“A nossa estratégia está sendo jogada fora, por causa do desrespeito de alguns. Queremos que cumpram o decreto. Vamos ter uma fiscalização dura no Centro nessa semana, vamos jogar duro, porque está tendo esse desrespeito”, seguiu.

Pico da doença

Firmino Filho explicou que os dados mostram que em Teresina já teria passado do pico da doença, que teria ocorrido entre os dias 21 e 29 de junho. Já no caso do Piauí, o estado ainda iria chegar ao pico da doença no final de julho.

“Em relação ao Piauí, o pico deve ser no final de julho e início de agosto. Enquanto Teresina começa a desarmar, vamos ter um problema por causa do Piauí, que ainda não chegou no seu pico, então a gente pode se complicar para quem vem do interior para a cidade”, declarou.

Expectativas positivas

"Aparentemente o mês de junho foi quando o vírus teve maior circulação e de julho é onde ocorre a transição, a queda da doença, então traz expectativas positivas, então os dados trazem otimismo, mas ainda vamos ter muito sofrimento na nossa cidade. Não podemos banalizar a morte. Por isso temos que ser duros com essa retomada, para a gente não retornar à estaca zero", continuou.

Isolamento social

Firmino disse ainda que sempre foi a favor de lockdown, mas como a população não aderiu à ideia, preferiu endurecer as medidas de isolamento nos fins de semana do mês de julho. Apesar disso, o gestor voltou a dizer que a doença está perdendo força.

“Temos a doença que começa a dar indícios que está caindo, então a gente precisa para sair rápido disso, precisamos fortalecer o isolamento, mas sabemos que a população está resistente. Então eu sempre fui favorável ao lowckdown, mas infelizmente a gente não conseguiu convencer a população, então vamos fortalecer o isolamento no final de semana, pois isso trouxe resultados positivos e esperados que isso possa contribuir para essa queda dos casos”, finalizou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Veja setores da economia que vão reabrir a partir de 06 de julho em Teresina

Firmino Filho assina decreto que regulamenta 1ª fase da retomada do comércio

Guarda Municipal autua 12 estabelecimentos no Centro de Teresina

Firmino Filho lamenta grande quantidade de pessoas circulando no Centro