Teresina - PI

Inscrições de caminhões para o Corso 2020 iniciam nesta sexta

Para evitar qualquer problema durante o evento, todos os motoristas serão submetidos a teste de bafômetro antes e durante o percurso do Corso.

Carolina Dias
Teresina
- atualizado

A Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC) anunciou na tarde desta quarta-feira (22) as inscrições de caminhões para Corso do Zé Pereira. A edição desse ano acontece no dia 15 de fevereiro, na Avenida Raul Lopes e as inscrições começam dia 24, próxima sexta-feira.

Promovido pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Monsenhor Chaves, o Corso do Zé Pereira foi consagrado como o maior do planeta, segundo o livro Guinnes Book, em 2012, registrando a marca de 343 veículos decorados no desfile.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Foliões no Corso de Teresina Foliões no Corso de Teresina

Para participar do evento com os caminhões decorados é necessário uma inscrição, que pode ser feita do dia 24 de janeiro ao dia 14 de fevereiro, das 8h às 13h, na sede da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves – FMC, situada na Rua Félix Pacheco, 1440 – Centro. No ato da inscrição é obrigatória a apresentação da cópia da CNH do motorista condutor e o RG do responsável pelo caminhão, além da documentação do caminhão devidamente regularizado, sob pena de indeferimento do processo.

Segundo Luís Carlos Martins Alves, presidente da FMC, os caminhões são o maior atrativo da festa. “A tendência é manter e até ampliar o número de caminhões. Os foliões de Teresina, nesse momento do Corso, estão dando preferência a ir no chão, mas a empolgação pelos caminhões ainda é a mesma”, afirmou o presidente.

Todos os motoristas serão submetidos a teste de bafômetro antes e durante o percurso do Corso. Em caso de alteração no resultado, os mesmos serão retirados e desclassificados, e responderão sanções legais da legislação vigente.

É obrigatório o uso de banheiros químicos nos veículos, recolhimento em sacos de lixo dos resíduos sólidos produzidos dentro do veículo (latas, garrafas, copos descartáveis e outros) e só será permitido o uso de bebidas em lata e plástico.

Para os foliões preocupados com a segurança, Luís Carlos Martins Alves, disse que serão cerca de 1000 policiais atuando na segurança. “Vai haver um policiamento mais ou menos igual ao ano anterior. Cerca de mil policiais, em dois turnos, considerando a Polícia Militar, a Polícia Civil e a Guarda Municipal. Essas instituições estarão todas envolvidas na segurança do Corso”, pontuou o Luís Carlos.

Para esta edição, serão distribuídos R$ 30 mil em premiação, sendo R$ 10 mil para o caminhão mais animado; R$ 10 mil para o mais criativo (inusitado) e R$ 10 mil para o com a melhor produção (decoração e fantasia).

Mais conteúdo sobre: