Piripiri - PI

Juiz decreta prisão preventiva de acusado de matar esposa no Piauí

A decisão é do juiz Antônio Oliveira, da 1ª Vara da Comarca de Piripiri, dada no dia 10 de setembro.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

O juiz Antônio Oliveira, da 1ª Vara da Comarca de Piripiri, decretou a prisão preventiva de Adriano Gomes da Silva acusado de assassinar sua esposa, Cléia Marques da Silva, 43 anos, a facadas no dia 9 de setembro, por volta de 22h. A decisão é do dia 10 de setembro.

Nos autos, o magistrado considerou que ficou comprovada a materialidade do crime devido ao depoimento do acusado e pela prisão ter sido realizada em flagrante.

“No caso dos autos, a segregação cautelar encontra fundamentos. Inicialmente, é importante frisar que o delito atribuído ao requerido é demonstrado em sua materialidade pelo depoimento do condutor. Além disso, existem indícios da autoria atribuída ao flagranteado, que confessou em sede policial ter praticado o delito”, considerou.

  • Foto: Arquivo PessoalCléia MarquesCléia Marques

O magistrado ainda ressaltou que devido à gravidade do crime, o acusado impõe risco à sociedade, pois teve o uso de violência quando assassinou a vítima com golpes de faca. “Dessa forma, é evidente o perigo que a liberdade do requerido impõe à sociedade. Isso porque o crime, em tese, por ele cometido é concretamente grave, haja vista que realizado mediante grave violência (golpes de faca) que provocou a morte da vítima”, ressaltou.

Entenda o caso

Adriano Gomes da Silva foi preso acusado de matar Cléia Marques da Silva, de 43 anos, a facadas. O caso aconteceu na noite de 9 de setembro, no bairro Floresta, em Piripiri. Após o crime, o suspeito tentou tirar a própria vida.

A Polícia Militar estava fazendo o patrulhamento no local, quando percebeu um aglomerado de pessoas em torno da residência. “Chegamos na residência e escutamos uma pessoa gritando, a porta estava trancada, então arrebentamos a porta e encontramos ele dentro da casa com a faca na mão”, afirmou o sargento Eduardo.

Ainda de acordo com a polícia, o homem tentou suicídio. “Infelizmente a vítima teve óbito no local, mas o suspeito ficou aguardando a chegada do Samu, pois havia se perfurado e estava ensanguentado”, explicou o Sargento.

NOTÍCIA RELACIONADA

Homem mata companheira e depois tenta suicídio em Piripiri