Teresina - PI

Limma diz que é normal Warton cometer 'barbeiragens' no início do mandato

"Dada a inexperiência no parlamento, às vezes, a gente comete alguns erros. Mas, não acho que seja tensão proposital", disse Limma.

Germana Chaves
Teresina

O líder do Governo na Assembleia Legislativa do Piauí, deputado estadual Francisco Limma, avaliou as críticas do colega de PT, o também parlamentar Warton Lacerda que tem condenado algumas escolhas do governador Wellington Dias, a exemplo da decisão de deixar a Fundação de Esportes do Estado (Fundespi) sob o comando do deputado Oliveira Neto (Cidadania23) que escolheu Clemilton Queiroz para administrar o órgão.

Warton pretende pedir informações detalhadas sobre a Fundação. Para Limma essa postura do colega de PT não está atrelada a questões políticas e sim, a inexperiência comumente observada em início de mandato.

  • Foto: Helio Alef/GP1Francisco LimmaFrancisco Limma

“Ele [Warton] é um desportista e está pedindo informações da Fundespi. Eu até acho que ele poderia fazer isso por ofício, não é preciso um requerimento. Mas dada a inexperiência no parlamento, às vezes, a gente comete alguns erros. Mas não acho que seja tensão proposital. Vejo como normal as barbeiragens que a gente comete em início de mandato. Acho que está atribuído mais a inexperiência do que a posição política”, disse Limma nesta sexta-feira (31).

Em recente entrevista ao GP1, Warton Lacerda chegou a declarar que não se sentia representado por Clemilton Queiroz, a frente do órgão que cuida do esporte piauiense. “Não me representa, isso daí é certeza, não é segredo não”.

NOTÍCIA RELACIONADA

Warton Lacerda critica ida de Clemilton para presidência da Fundespi