Teresina - PI

Médicos do Piauí vão paralisar atividades novamente nesta quarta

O sindicato reivindica melhores condições salariais e a realização de concurso público para a categoria.

Jonas Carvalho
Teresina
- atualizado

O Sindicado dos Médicos do Estado do Piauí (SIMEPI) decidiu parar novamente as atividades. Desta vez, a paralisação vai acontecer entre os dias 05 e 07 de junho. O sindicato reivindica melhores condições salariais e a realização de concurso público para a categoria.

Os profissionais estiveram reunidos em assembleia realizada no dia 29, no auditório do Sindicato dos Médicos e decidiram por unanimidade paralisar as atividades durante 72 horas em todo o estado.

De acordo com o sindicato, os hospitais do Piauí devem operar sob regime de urgência e emergência para todo o estado. Apenas os serviços de consultas e exames devem ser afetados com o movimento.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Samuel Rego, presidente do SIMEPISamuel Rego, presidente do SIMEPI

Segundo o presidente do sindicato, Samuel Rêgo, o governo estadual ainda não se pronunciou acerca do que chamou de ‘crise’.

“Esse silêncio do Estado é uma verdadeira omissão, o que piora a crise e o caos que se encontra a saúde. A categoria médica segue firme e unida na luta, pois o movimento não vai parar até que o governo entenda que precisa sentar e encontrar soluções para sair dessa crise”, disparou.

Outro lado

Procurada, a Secretaria de Estado da Saúde não se pronunciou sobre o caso.

Mais conteúdo sobre: