Esportes

Medina vence competição e se torna bicampeão mundial de surfe

Medina realizou o seu sonho de infância ao ganhar o Pipe Masters.

Por  Estadão Conteúdo

O Brasil fez a festa na etapa de Pipeline, no Havaí, nesta segunda-feira, ganhando os principais troféus em disputa. Além do título mundial de Gabriel Medina, o surfista de Maresias ainda foi o campeão da etapa pela primeira vez e outro brasileiro, Jesse Mendes, conquistou a Tríplice Coroa Havaiana, uma competição de enorme prestígio na modalidade.

Medina realizou o seu sonho de infância ao ganhar o Pipe Masters E realizou este feito justamente contra o australiano Julian Wilson, que dificultou ao máximo a caminhada do agora bicampeão mundial. O brasileiro venceu a final da etapa por 18,34 pontos a 16,70 e ganhou um troféu que ainda não possuía em sua coleção.

  • Foto: Facebook/Gabriel MedinaGabriel MedinaGabriel Medina

"Estou feliz da vida de conquistar isso. Ganhar o Pipe Masters é especial, é muito difícil ganhar essa etapa, mas agora consegui. Julian é um ótimo competidor e tive sorte de pegar boas ondas. Quatro anos atrás ele me bateu aqui na final, agora consegui vencer. Foi incrível", afirmou Medina, citando a decisão do Pipe Masters de 2014, quando o brasileiro foi campeão mundial, mas perdeu a decisão da etapa.

Uma bateria antes, Medina confirmou o bicampeonato mundial ao avançar para a final do Pipe Masters diante de Jordy Smith. A torcida brasileira fez a festa com o bicampeonato mundial e de quebra ele tirou o sul-africano da corrida pelo título da Tríplice Coroa Havaiano. Com isso, o troféu ficou com o compatriota Jesse Mendes.

"São muitas emoções. Fiquei esperando até o fim da bateria para ver a situação do Jordy Smith. Me sinto abençoado por tudo isso. Não acreditei. Para mim está sendo muito bom tudo isso que aconteceu", explicou Jesse, que teve um bom desempenho nas etapas de Haleiwa e Sunset Beach antes de confirmar a sua conquista no Pipe Masters.

Mais conteúdo sobre: