Teresina - PI

Petição tenta levar ursa do zoológico de Teresina para santuário

A transferência do animal é solicitada pincipalmente porque o animal, que tem 26 anos e pesa 210 kg, não deve ficar em um local muito quente, como é a cidade de Teresina.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

Uma petição criada no site Avaaz tenta conseguir que a ursa Marsha que mora em cativeiro no Zoobotânico de Teresina seja transferida para um santuário. A petição foi criada por Carolina Mourão, que é presidente da Confederação Brasileira de Defesa Animal.

A transferência do animal é solicitada pincipalmente porque o animal, que tem 26 anos e pesa 210 kg, não deve ficar em um local muito quente, como é a cidade de Teresina. Ela explicou na petição que isso tem prejudicado a ursa que estaria ficando cada vez mais debilitada.

“Mantida em cativeiro na capital piauiense, Teresina, Marsha experimenta temperaturas que beiram os 40 graus em setembro, situação totalmente inadequada para o bem estar de sua espécie. Seus movimentos repetitivos cada vez mais graves, demonstram sua enorme aflição, cavando no vai e volta de sua neurose, um fosso”, explicou Carolina Mourão.

Destacou ainda que a alimentação do animal não é a adequada. “A ração de cachorro é a única alimentação disponibilizada pelo gestor do Zoológico que se recusou no início de 2017 a doar o animal para um santuário, alegando ter um ambiente sadio, com alternativa de baixas temperaturas e alimentação saudável, o que não é verdade”, disse. Até o momento a petição possui mais de 4 mil assinaturas e tem sido amplamente divulgada nas redes sociais.

Outro lado

Procurado pelo GP1 nesta sexta-feira (20), o diretor do zoobotânico, José Renato Uchôa, não foi localizado para comentar o caso. O GP1 fica aberto a quaisquer esclarecimentos.

Mais conteúdo sobre: