Altos - PI

Queda de Estevam reascende debate sobre rotatividade de técnicos

Com passagens por Palmeiras-SP e Botafogo-RJ, Estevam foi dispensado pela diretoria do alviverde e não comanda mais a equipe na temporada de 2019.

Jonas Carvalho
Teresina
- atualizado

A demissão do técnico Estevam Soares na última segunda-feira (20) reascendeu o debate sobre o elevado número na rotatividade de treinadores em atuação no futebol brasileiro. Com passagens por Palmeiras-SP e Botafogo-RJ, Estevam foi dispensado pela diretoria do alviverde e não comanda mais a equipe na temporada de 2019.

O nome do técnico paulista completou uma lista de dez nomes que circularam pela cidade da manga num curto período de três anos. Embora tenha sido fundado em 2013, o Altos ganhou destaque por conseguir disputar o acesso à série D por quatro anos consecutivos e conquistar dois campeonatos piauienses, um deles sobre o atual campeão River-PI, em 2017.

  • Foto: Ascom/Associação Atlética de AltosEstevam Soares, treinador do AltosEstevam Soares, treinador do Altos

Nomes como Waldemar Lemos e Oliveira Canindé, velhos conhecidos das torcidas piauienses, já marcaram passagem pelo clube. O antecessor de Estevam, Maurílio Silva, esteve ao lado da equipe altoense em 10 partidas com a conquista igualitária de quatro vitórias e quatro derrotas.

O desempenho de Estevam em solo piauiense foi bem abaixo do esperado. A eliminação para o ABC-RN na pré-Copa do Nordeste pôs em cheque a permanência do treinador no clube que acabou sendo dispensado em novo revés, agora diante do Central-PE por 2 a 0 fora de casa. No adeus ao estádio Felipe Raulino, o técnico paulista amargou três derrotas e somente duas vitórias sob o comando do Jacaré.

Novo nome, velho conhecido

Para o cargo, a diretoria trouxe o retorno de um velho conhecido do torcedor alviverde. O nome de Leandro Campos foi anunciado pela diretoria do clube no fim da manhã desta terça-feira (21) e o treinador deve comandar a equipe no próximo compromisso do clube quando novamente o Altos enfrenta o Central-PE no returno da série D.